Tecnologia

Mercado para criador de jogos digitais no Brasil se expande anualmente

Em ascensão, a profissão para criador de jogos atrai cada vez mais jovens interessados na área. Em Santos, empresas e instituições investem no segmento

20 de fevereiro de 2018 - 14:13

Lucas Freire

Compartilhe

Criador de jogos é uma profissão recente. Ele começou a criar forma no Brasil e cada dia tem dado passos concretos em ascensão. De acordo com pesquisa realizada pela BIG (Brazil’s Independent Games Festival) – o maior evento de jogos do País -, na metade do ano de 2016, as empresas de jogos alcançaram um lucro de US$ 1,6 bilhões (R$ 4,9 bilhões).

Em Santos, o cenário não é diferente, existem cursos tecnólogos, como os oferecidos na ETEC Aristóteles Ferreira com duração de três semestres. A Unimonte iniciou o curso superior de Jogos Digitais, com duração de dois anos e meio.

O publicitário e professor-doutor em Comunicação e Semitótica, André Reis, é especialista na área de jogos, atuando em ambas as instituições educacionais. Sua perspectiva diante do mercado para criador de jogos na região, é a de que as formações possam atrair cada vez mais negócios para a Cidade.

No seu entendimento, o mercado para criador de jogos local tem se desenvolvido aos poucos, sendo a região Sul e Recife (PE), com o seu Porto Digital, as principais referências do País nessa área.

“Há muito conteúdo de qualidade sendo produzido no mercado de jogos brasileiro e Santos está engatinhando a favor disso’’, salienta o docente.

O foco de suas aulas, segundo ele, também aborda ações de empreendedorismo. “Desenvolvedores constroem um produto que é distribuído para o mundo todo. O mesmo jogo vendido para brasileiros pode ser comercializado para americanos ou para qualquer outra nacionalidade’’, ressaltou sobre a abrangência das possibilidades que o setor oferece.

Mais um fato que comprova a evolução no nível do mercado para criador de jogos foi a premiação que o jogo educativo para plataforma mobile. AlphaBeatCancer, foi premiado no Indie Prize USA no começo deste ano.

O jogo, desenvolvido pela empresa santista Mukutu, desmitifica a doença para crianças.

Criador de jogos online, o pessoal da agência santista Mukutu ganhou o prêmio internacional no início deste ano.

Ele foi premiado na categoria de audiência pública, onde milhares de pessoas votam.

João da Hora, de 20 anos, é recém-formado no curso de jogos digitais da ETEC Aristóteles Ferreira. O jovem sonha em atuar como um profissional da área.

“Estou aproveitando todas as oportunidades, faço cursos onlines para aperfeiçoar meus conhecimentos. Para fazer um curso superior precisa ter um projeto em mente. Em breve, buscarei uma especialização e irei me tornar um criador de jogos indie, como programador ou designer”, relatou.

Criador de jogos: área para atuação

Assim como em outras profissões, os profissionais em jogos digitais podem atuar em outras áreas além dos games. “O conhecimento é expandido. Os alunos são ensinados a elaborar roteiros, conteúdos didáticos, construir cenários de simulação, design gráficos e até mesmo a área lógica com desenvolvimento de softwares”.

No seu entendimento, buscar uma constante especialização é importante. “Quem é da área de tecnologia estuda para sempre. As mudanças com o tempo são muitas’’, destaca.

Sucessos brasileiros

Dandara é um jogo que causou uma grande repercussão positiva na comunidade brasileira de jogos. O game conta com a história da protagonista Dandara, uma referência à escrava brasileira esposa do Zumbi dos Palmares. Durante o jogo, existem outros elementos gráficos, como artistas brasileiros.

Disponível em várias plataformas para computador por meio da Steam, e aos smartphones Android, IOS e Windows Phone. Para os consoles: Nintendo Switch, Playstation 4, Xbox One.

Celeste também ganhou destaque onde permaneceu na página principal da loja da Steam. O jogo apresenta uma mecânica simples com uma dificuldade de jogo muito exigente. Disponível para Nintendo Switch, PlayStation 4, Xbox One, Microsoft Windows, Linux, Mac OS Classic.

Já o Horizon Chase, game para o Android, se destacou pela semelhança com o clássico de Top Gear da Nintendo.

LEIA TAMBÉM: