Moda vintage: como aderir e dicas para compor o melhor look | Boqnews

Dicas

24 DE OUTUBRO DE 2019

Moda vintage: como aderir e dicas para compor o melhor look

Além de resgatar a moda de décadas anteriores, esse estilo é altamente sustentável e tem encontrado cada vez mais adeptos.

Por: Publieditorial

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Se você já usou alguma roupa, calçado ou acessório herdado de décadas passadas, conscientemente ou não, você está por dentro do que é moda vintage.

Trata-se de uma tendência de resgatar peças antigas e usá-las em looks atuais.

Esse estilo, que surge na década de 1950 nos Estados Unidos, tem como principal característica o uso de peças antigas originais, encontradas, muitas vezes, em brechós ou herdadas pelas nossas mães e avós.

O mais bacana é que, além de resgatar tendências que foram marcantes em décadas anteriores, a moda vintage ainda é altamente sustentável, pois incentiva a reutilização dessas peças.

 

Afinal, de onde surgiu a moda vintage?

Em 1955, nos Estados Unidos, graças ao programa de TV Davy Crockett: King of the Wild Frontier, o chapéu de pele de guaxinim, usado pelo personagem principal da série, tornou-se uma tendência entre os homens da época.

Para suprir a enorme demanda de chapéus, as lojas passaram a reaproveitar casacos feitos do mesmo material.

Esses casacos foram febre na década de 1920, mas, por conta da crise de 1930, acabaram encalhados nos estoques das lojas.

Três anos depois, em 1957, uma história bastante inusitada daria vazão à moda vintage.

Em uma de suas festas, Sue Salzman, uma famosa socialite da época, reclamou que havia perdido um casaco de pele incrível para uma outra compradora.

Uma convidada dá então a dica de procurar por um desses casacos na loja de um parente seu.

Ela teria comprado várias dessas peças para transformá-las em chapéus.

Logo, Sue comprou diversos exemplares, oferecendo, inclusive, de presente a seus convidados.

Com isso, eles passam a ser um grande fornecedor desse tipo de casaco inaugurando aquilo que hoje denominados como moda vintage.

Ou seja, a reutilização de peças antigas originais.

 

Reutilização e sustentabilidade

Ter noção desse aspecto histórico do que vem a ser vintage é super importante para saber diferenciá-lo daquilo que é considerado retrô.

Isso porque, enquanto a moda vintage oferece peças antigas originais de décadas anteriores, a moda retrô se inspira no passado para criar novas peças.

Além da questão da originalidade das peças, é válido lembrar que até a década de 1990 ainda não havia acontecido o boom das fast fashion — produção em larga escala de produtos mais baratos.

Sendo assim, as peças que são vintage tendem a ter uma qualidade superior.

Portanto, aderir à moda vintage é muito mais que apenas ter um estilo de se vestir.

Isso porque está relacionado ao reaproveitamento de peças originais para o uso pessoal.

Ou seja, reutilização e reciclagem.

 

Como aderir à moda vintage?

Se esse estilo tem tudo a ver com você, porque não investir em peças vintage?

Para isso, você pode dar uma geral no guarda-roupa de sua mãe e avó, buscando reaproveitar peças antigas.

Ou ir a brechós e lugares que vendam roupas de segunda mão.

 

Comece usando peças menores

Pra quem não tem costume, vale a pena investir inicialmente em peças que chamem menos atenção ou que sejam menores.

Uma bolsa antiga, um colar de pérolas ou um anel que pertenceu a sua avó podem ser usados como acessórios vintage.

 

Menos é mais, sempre!

Quando criar um look com peças vintage fique atento aos exageros.

De nada adianta inserir várias peças antigas se elas não conversam entre si.

Ao mesmo tempo, você pode fazer um mix de peças, combinando o velho e o novo.

 

Vá aos brechós!

Se você não herdou de sua família nada que agradasse ou fosse vintage, vale super a pena conhecer os brechós.

Esses lugares abrigam diversas peças e, com certeza, você vai encontrar roupas, sapatos e acessórios incríveis para compor seu look.

Além disso, dar uma garimpada em um brechó é algo que traz, entre outros benefícios, a redução de gastos.

Isso porque, de uma forma geral, esses objetos são mais baratos.

 

Inspire-se em quem é adepto à moda vintage

Procure referências de pessoas com estilo vintage e com características mais próximas a seu estilo pessoal.

Essa é uma das melhores formas de entrar nesse mundo e se inspirar nas melhores combinações.

Principais objetos vintage

Entre os principais objetos de estilo vintage estão bolsas, brincos, anéis, colares, acessórios de cabelo, sapatos e até mesmo óculos de sol.

Usar esses objetos pode ser uma forma, um tanto quanto divertida, de aderir a tendência de moda e fazer dela seu próprio estilo.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.