ETC
Mundo dos pets

Você já ouviu falar sobre braquicefalia?

Braquicefalia é a má formação dos ossos da cabeças dos animais, fazendo com que o focinho fique achatado. São comuns em raças boxer, pequinês e pugs

13 de dezembro de 2018 - 18:33

Publieditorial

Compartilhe

Se você pretende ter um cãozinho, precisa compreender o que é braquicefalia e em quais animais é mais frequente.

Trata-se de uma doença que aparece em cães com focinho mais curto, como filhotes de Pug, Bulldog Francês e Shi Tzu.

Eles têm dificuldade para respirar e acabam perdendo capacidade de estender suas vidas.

 

O que é?

Braquicefalia é a má formação dos ossos da cabeças dos animais, fazendo com que o focinho fique achatado.

Essa má formação causa problemas respiratórios e, em alguns casos, retarda o desenvolvimento dos neurônios.

Essa doença ocorre, principalmente, pela diversas intervenções genéticas que os animais sofrem durante o processo de criação da raça.

Mesmo sabendo de todos os problemas de saúde envolvidos, algumas pessoa consideram essa anomalia como um charme das raças e procuram criá-las mesmo com focinhos achatados.

 

Problemas na anatomia

Apesar de ser uma característica de algumas raças, não são todos os cães que desenvolvem a síndrome braquicefálica.

Quando eles desenvolvem, é possível reparar pelas mudanças drásticas na fisionomia.

Os maxilares sofrem alterações, ficam mais à frente do que o normal e as narinas ficam menores, mais estreitas.

Por isso, quando respiram acaba entrando uma quantidade menor de ar, dificultando o processo de respiração e deixando-os sempre ofegantes e cansados, como se tivessem corrido uma maratona.

Caso seu pet esteja em um caso muito extremo de braquicefalia e não consiga ter qualidade de vida, você pode investir em uma operação, sendo o mais indicado para casos graves.

 

Animais, como os pugs, precisam de atenção especial no cuidado da sua saúde em razão da braquicefalia. Foto: Divulgação

 

Consequências

Por conta de estarem constantemente ofegantes, esse animais acabam sentindo mais calor do que o normal.

Quando o animal não é braquicefálico e sente muito calor, passa a língua no focinho, fazendo com que a temperatura esfrie e ajude-o a se adaptar.

Já nos animais com a má formação, existe uma maior dificuldade para executar tais processos, então eles acabam estando sempre com calor e com a língua para fora.

Em alguns cães, uma das consequências da síndrome pode ser a hipoplasia traqueal, que é quando a traqueia é muito estreia e dificulta a passagem.

Por isso, se o cão for fazer algum tipo de cirurgia, é aconselhável que a anestesia seja aplicada pelas vias respiratórias, evitando maiores complicações.

 

Os olhos

A região dos olhos é afetada também pela braquicefalia, esbugalhando-os por conta de seu rosto de formato achatado.

Como os olhos não sofrem alguma transformação de posição, a face do animal recua e a córnea continua no mesmo lugar.

Existem casos mais graves em que as pálpebras não conseguem fechar completamente, acumulando uma umidade em volta da região e causando o que chamamos de olho de cereja. Isso se caracteriza por uma bolinha vermelha que se forma perto do focinho.

 

Cuidados

Por terem todos esses problemas, esses animais precisam de mais atenção e cuidado do que outros.

Tomar cuidado com o tempo de sol, prestar atenção se a respiração está mais ofegante do que o normal, pois esses processos exigem que o coração trabalhe mais e, em alguns casos, se não analisados, pode resultar em uma parada cardíaca.

Todas essas recomendações demandam paciência e disponibilidade financeira para levá-lo constantemente ao veterinário.

Assim, se você costuma fazer viagens aéreas e precisa levar seu cão, é importante que esteja sempre próximo, colocado embaixo do banco, em uma caixa especial.

Mas não é recomendado que viajem muito, já que pode colocar suas vidas em risco.

Um pet com síndrome braquicefálica, além de ser seu melhor amigo, precisa de sua atenção e cuidado redobrado.

Por isso, analise todos os pontos antes de adotar um amigão desses.

 

Raças Braquicefálicas

● Boston Terrier
● Boxer
● Shih tzu
● Pequinês
● Pug
● Bulldog Francês
● Dogue de Bordeuax

LEIA TAMBÉM: