Confira os documentos necessários para refinanciar um bem | Boqnews
Foto: Divulgação

Seu bolso

31 DE JANEIRO DE 2019

Confira os documentos necessários para refinanciar um bem

É muito importante atentar-se aos valores apresentados pelo banco ou instituição financeira, antes de solicitar o empréstimos para o refinanciamento. Confira dicas úteis.

Por: Publieditorial

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Em alguns momentos, certos imprevistos podem ocorrer e, com isso, a situação pode sair do orçamento.

Algumas instituições podem auxiliar você com algum tipo de empréstimo e dois dos mais contratados é o refinanciamento de imóvel e veículos.

Esse tipo de negociação pode ser resumida em dispor um bem em seu nome, em troca de um empréstimo com o valor mais alto e com um prazo maior para pagamento.

No entanto, esse tipo de transação exige alguns documentos especiais e nós vamos explicar para você quais são, logo a seguir!

 

Refinanciamento imobiliário é importante para evitar problemas financeiros futuros. Foto: Divulgação

Documentos necessários para o refinanciamento de imóvel

Para solicitar esse tipo de empréstimo, é necessário que você tenha um imóvel em seu nome.

Nesses casos, mesmo que o bem seja propriedade de algum herdeiro direto ou cônjuge, a instituição bancária não liberará a quantia em dinheiro.

Do proprietário do bem são exigidos os documentos de identificação básicos.

Ou seja,  Carteira de Identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF) e comprovante de residência.

Além disso, também é exigida uma cópia da declaração do imposto de renda e o recibo de entrega.

O cliente que irá contratar o empréstimo também deve apresentar um comprovante de renda atualizado.

O período solicitado pode variar de acordo com a instituição bancária.

Geralmente, o prazo para comprovação é de 30 a 120 dias.

Também é necessário um comprovante de residência e a matrícula do imóvel,

Ou seja,  o nome de quem irá adquirir o empréstimo.

A avaliação do bem é feita pelo próprio banco ou instituição, pois a valorização determinará o valor que será liberado.

 

Documentos necessários para o refinanciamento de veículos

O refinanciamento de veículos também é uma nova alternativas para ter a liberação de uma quantia maior e prazos mais longos para a quitação.

Assim como o refinanciamento de imóveis, para dispor um veículo como garantia em troca de um empréstimo, é necessário que ele esteja no nome de quem irá solicitar.

Os prazos de pagamento para um refinanciamento de veículos geralmente é menor, se comparado ao refinanciamento de imóveis.

Dependendo da marca, ano e modelo do carro ou moto, a quantia a ser liberada também deve ser menor.

Os documentos necessários para a contratação deste refinanciamento são parecidos com o de imóveis.

RG, CPF, comprovante de renda e comprovante de endereço também são solicitados para fazer esse tipo de negociação.

Como estamos falando de veículos, o Certificado de Registro do Veículo (CRV) é um dos documentos essenciais para a avaliação de propostas.

No documento constam dados como ano, modelo, número da placa, chassi e tipo de combustível e permite a consulta de possíveis multas.

O Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo também é solicitado.

Por isso, caso o veículo não esteja com a documentação em dia, não será possível contratar o refinanciamento.

Também é necessário apresentar a certidão de pagamento do IPVA, para solicitar a quantia.

 

Vantagens do refinanciamento de bens

Geralmente, os refinanciamentos de imóveis e veículos apresentam diversas vantagens, como a liberação de uma quantia maior e prazos mais longos para pagamento.

No entanto, é muito importante atentar-se aos valores apresentados pelo banco ou instituição financeira, antes de solicitar o empréstimos.

As taxas de juros cobradas nesse tipo de negociação também são menores, comparadas ao empréstimo pessoal e consignada.

Porém, vale lembrar que caso a dívida não seja quitada no valor e prazo acordados, os bens poderão ser leiloados.

Antes de contratar o refinanciamento de imóvel ou de veículo, faça pesquisas em diversas instituições e calcule prazos e taxas para não se complicar financeiramente.

Esse tipo de negociação pode auxiliar você a colocar todas as suas contas em dia, abrir um negócio ou facilitar a realização de sonho, por isso, cuidado!

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.