Cena do curta Zona!, de O Coletivo. Foto: Adilson Felix

Apresentações gratuitas

23 DE JULHO DE 2018

Zona de Santos vira performance teatral produzida pelo grupo Coletivo

Zona!, performance do Grupo O Coletivo, mostra uma Santos que a maioria dos santistas não conhecem, cidade que esconde na área portuária uma realidade bem distante da orla

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Temas de uma Santos escondida para a maioria dos santistas e turistas.

Assim, o espetáculo “ZONA!”, mais recente montagem do grupo O Coletivo, estabelece uma relação com o Cais de Santos, e todo seu entorno.

Incluem-se a Zona Portuária, suas boates e bares, Mercado Municipal e a famosa Boca como metáfora de uma sociedade decadente e em crise em função do capitalismo.

Atualmente, a região que abrigava as famosas boates está com um aspecto de abandono, pois, com o passar do tempo os vários estabelecimentos foram fechando e hoje muitos estão praticamente abandonados ou mal conservados.

A exploração no local cresce a cada dia forçando muitos moradores da região a um êxodo obrigatório, um processo doloroso de gentrificação na cidade que detém, entre outros títulos, o de ter a maior favela em palafitas da América Latina.

Trata-se do Dique da Vila Gilda, onde mais de 20 mil pessoas residem.

Temas tabu como a presença e a entrada de drogas como o crack na região, a explosão da AIDS e as IST’s (Infecções sexualmente transmissíveis), exploração e violência sexual.

E ainda: o alto índice de mortes por crimes de homofobia na região, servem como provocação e material de pesquisa para o espetáculo além das histórias dos moradores e trabalhadores dessa região.

 

Coletivo

Compartilhar essa experiência e pesquisa faz parte do pensamento e militância d’O Coletivo, que busca lançar um olhar para os excluídos ou escondidos e sua relação com a sociedade/cidade, e utilizar a arquitetura santista histórica e contemporânea, como palco e ambiente cenográfico, na busca por um teatro cuja identidade estivesse intrinsecamente ligada e que refletisse, também, sobre a cidade/porto de Santos, a ilha e local de desenvolvimento artístico e pesquisa.

 

Espetáculo Zona!

Crime, fuga e mágoas afogadas em mesa de bar.

Designação de pequenos barcos ou prostitutas, conforme o dicionário, as catraias são determinantes no itinerário cênico pela zona portuária santista. No primeiro episódio, em alto mar, personagens perdidos, em busca de ou fugindo de, conduzem o público pela rota perto dos navios.

No segundo, fantasmas do bairro do Paquetá cortejam o espectador pelas ruas e contornos do Mercado Municipal e Cemitério, área outrora de luxo e hoje abandonada.

Por fim, o ato em ponte com os cabarés, em um Bar no Paquetá.

 

Sobre o Grupo O Coletivo

Autorreconhecido herdeiro dos tempos maus da obra de Plínio Marcos (1935-1999), O Coletivo  dá sequência às denúncias do ponto onde o autor as deixou.

Por uma perspectiva caiçara e cuja linguagem abarque elementos da performance, da cena épica e das artes plásticas.

Em permanente diálogo com a população, seres reais e, não raro, à margem na vida contemporânea.

A partir da abertura da Vila do Teatro, na Praça dos Andradas, espaço de ocupação artística e gestão cultural autônoma no Centro de Santos e da liberdade de pensamento proporcionada pelo espaço e por sua filosofia, iniciou-se em 13 de agosto de 2012 o que hoje resulta nesse grupo, O Coletivo.

Sua pesquisa vem de encontro a rua, sua arquitetura e seus ocupantes, nosso teatro nasce pela urgência do grito, numa época em que o fazer teatral muitas vezes é pautada por regras do mercado, esse coletivo convoca ao exercício da liberdade de experimentação e do risco.

Zona é a nova produção do grupo O Coletivo. Exibições serão gratuitas dentro das catraias.
Fotos Adilson Felix

Serviço

Uma Temporada na Zona! 

Agosto :
Dias 3, 4 e 5
Sexta, sábado e domingo, sempre às 20hs.

Setembro
Dias 28, 29 e 30
Sexta e sábado às 20h e domingo dia 30 às 22h dentro da programação da 1° Parada do Orgulho LGBT de Santos

Outubro
Dias 26, 27 e 28
Sexta, sábado e domingo, às 20h

Entrada franca em todas as sesões
Retirada de ingressos com meia hora de antecedência
Apenas 45 pessoas (lotação máxima das catraias )

Local: Embarque das catraias Santos / Vicente de Carvalho na Praça Iguatemi Martins no Paquetá

Classificação indicativa do espetáculo ZONA!: 18 anos

 

Ficha técnica

Textos / Dramaturgia Coletiva
Direção / Kadu Veríssimo
Intérpretes criadores/dramaturgia:
Priscila Ribeiro, Raquel Rollo, Malvina Costa, Caio Martinez Pacheco, Junior Brassalotti, Julio Mad, Kadu Veríssimo, Mario Acenjo , Thayz Villar e Léo Bacarini,
Ilustrações: Niloofaar Mohamaadijfar
Equipe técnica ( Som/Luz/Captação e transmissão de imagens/Projeção do espetáculo) / Wendell Medeiros , Rebecca Alba, Fernando Goes e Rafael Ruano
Fotos: Adilson Felix
Produção: Junior Brassalotti e Kadu Veríssimo

Realização

O Coletivo
Apoio Cultural: Casa 3, Vila do Teatro, ABC – Associação dos Cortiços do Centro, Associação Olhar Caiçara, Digo Design e RBTR – Rede Brasileira de Teatro de Rua.

Projeto Contemplado com 6º FACULT – Fundo de Apoio à Projetos Independentes de Santos, Secretaria municipal de Cultura.

 

Confira o teaser

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.