ETC
etc

Universidade abre curso inédito de formação de DJ´s

A partir de agora, interessados em aperfeiçoar conhecimentos no assunto não precisam mais subir até a Capital. Curso é separado…

23 de novembro de 2009 - 10:33

Da Redação

Compartilhe

A partir de agora, interessados em aperfeiçoar conhecimentos no assunto não precisam mais subir até a Capital. Curso é separado em três níveis:
iniciante, intermediário e avançado. Local das aulas será em estúdio que
reúne vários atrativos e equipamentos de ponta. Primeira turma já começa
nesta quarta-feira (25)

A música vai invadir o ambiente universitário da região. A Unimonte, em
parceria com o Instituto de Música Eletrônica Dub Music, desenvolveu um
curso inédito e que preencherá uma lacuna existente na Baixada Santista. A
partir de agora, quem pretende iniciar o caminho para se profissionalizar
como DJ (disc jockey) não terá mais que subir até a Capital, local que reúne
algumas opções para estudo no segmento.

O curso é direcionado a qualquer interessado com idade acima de 15 anos e que tenha gosto pela música, sem necessidade de ter diploma de ensino superior para cursar.

Com o objetivo de formar profissionais para se destacar no mercado regional e, quem sabe, nacional, a nova opção é direcionada tanto para quem nunca teve experiência como para aqueles que já conhecem as técnicas básicas, tanto que o curso é dividido em três níveis: iniciante, intermediário e avançado. A primeira turma já começa nesta quarta-feira (25).

Os alunos receberão lições e conhecimentos para se desenvolver na arte de
discotecar e se tornarem aptos a tocar em qualquer tipo de espaço e
situação. Aprenderão desde os estilos, tendências e ligações dos
equipamentos, até noções de produção musical, dos softwares de DJ e
instruções para direcionamento da carreira. Como incentivo adicional, a cada três meses aqueles que forem destaque irão se apresentar em um club da região e farão sets no programa de rádio Na Balada Litoral, da rádio Jovem Pan afiliada Santos.

As aulas serão ministradas em um estúdio que por si só já é um grande
atrativo. Isso porque reúne os mais modernos equipamentos voltados ao DJ,
encontrados nas cabines das principais discotecas do País. “O estúdio foi
projetado por engenheiros de áudio especializados no desenvolvimento dos
maiores estúdios acústicos do Brasil e trazem a tecnologia de última geração
dos equipamentos Pioneer DJ. Para se ter uma ideia, o ambiente contará até
com um mixer que une, ao mesmo tempo, a música e a imagem. Tal aparelho não existe no litoral de São Paulo”, explica Marcelo Malanconi, um dos sócios da Dub Music.

O local também chamará a atenção por um outro motivo. As aulas poderão ser acompanhadas pelos universitários da Unimonte diretamente do pátio da
Unidade Vila Mathias, onde está situado o estúdio. Uma grande vidraça separa os ambientes e duas caixas de som estão afixadas no lado externo para possibilitar que todas as produções e movimentos feitos pelos futuros DJ’s sejam acompanhados e ouvidos pelos estudantes da Unimonte que transitarem durante o período de intervalo.

Se não bastassem os modernos recursos à disposição, os alunos terão a chance de aprender os principais conceitos, dicas e lições para se tornarem DJ’s a partir do contato com professores de grande experiência e renome no cenário da música eletrônica, como a conhecida DJ Ingrid (Diniz). Natural de Santos, ela é uma das mais comentadas DJ’s e produtoras do Brasil. Além dela, o DJ Davi Duz, que já se apresentou ao lado de artistas nacionais e internacionais, também passará sua vivência aos participantes.

De acordo com Malanconi, atualmente é preciso mais do que saber criar boas músicas para ser um DJ. “O profissional da área precisa estar antenado às novidades e tendências das pistas, sabendo que precisará trabalhar enquanto os outros se divertem. O DJ é o responsável pela diversão do público e, por isso, é respeitado e querido quando enche um ‘club’, por saber interagir com o público e tocar a música na hora certa”.

O cenário no Brasil e na região – Estima-se que existam pouco mais de 10
escolas de DJ em todo o Brasil. No cenário nacional, são cerca de 2 mil DJ’s que trabalham apenas da música. No litoral de São Paulo, a música eletrônica tem crescido com força nos últimos anos. Com casas noturnas fixas renomadas, como o Club Sirena, em Maresias, e o Giv Club, em Santos, além dos tradicionais clubs de verão, como a Target, Sirena Phoenix e Vive La Vie, a região criou um número expressivo de amantes da música no cenário eletrônico. 

Segundo Marcelo Malanconi, alguns atributos tornam a Baixada Santista, em especial a cidade de Santos, atraentes para o desenvolvimento de um curso de DJ. “Santos é o centro comercial da Região Metropolitana da Baixada Santista e que já foi precursora do rock’n’roll, do surf e da tatuagem no Brasil. Fora isso é um grande pólo universitário e com agitada vida noturna”.

Inscrições – As inscrições para o curso de extensão Profissão DJ, cuja carga horária é de 16 horas/aula, podem ser feitas por qualquer interessado acima de 15 anos no Núcleo de Pós-Graduação e Pesquisa da Unimonte, na Unidade Victorio Lanza, piso térreo (Av. Senador Feijó, 421, Vila Mathias, Santos). Não é preciso ter diploma de nível superior para cursar. As aulas ocorrerão em um estúdio situado na Unidade Vila Mathias (Av. Rangel Pestana, 99), onde também fica a faculdade de Comunicação Social.
O investimento é de R$ 400,00 para alunos da Unimonte e de R$ 500,00 para público em geral. Outras informações pelo telefone (13) 3228-2008 ou e-mail secretaria.pos@unimonte.br e unimonte@dubmusic.com.br.

LEIA TAMBÉM: