Greve: AEB estima que Brasil perdeu cerca de US$ 1 bi em exportação | Boqnews
Foto: (Valter Campanato/Agência Brasil) Greve

Greve

28 DE MAIO DE 2018

Greve: AEB estima que Brasil perdeu cerca de US$ 1 bi em exportação

Segundo o presidente da AEB, José Augusto de Castro, cerca de 70% das exportações são commodities (produtos agrícolas ou minerais).

Por: Alana Gandra
Agência Brasil

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Com a greve dos caminhoneiros, que entrou hoje (28) no oitavo dia, a Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB) estima que o país perdeu pelo menos US$ 1 bilhão com exportações que não foram realizadas.

Teoricamente, não há queda em termos de vendas em razão da greve.

No entanto, adia-se o prazo de entrega das mercadorias que não estão chegando nos portos para serem embarcadas.

“Estimo nas commodities, com base mensal, 3% de perda, o que representaria entre US$ 500 milhões e US$ 600 milhões”, disse o presidente da AEB, José Augusto de Castro.

Nos manufaturados, a perda poderá ser de aproximadamente 5%.

“Você deixa de entregar no prazo efetivo e acaba tendo que cancelar a operação. Você teria ali, pelo menos, mais US$ 500 milhões de perda”, acrescentou.

 

Rodovias

Ele lembrou que 43% das exportações para a Argentina, por exemplo, são levadas por rodovias.

Além da paralisação dos caminhoneiros, Castro afirmou que outros fatores podem afetar também o resultado da balança.

No mercado interno, o comportamento do Produto Interno Bruto (PIB), soma dos bens e serviços produzidos no país é um deles.

A expectativa era que o PIB cresceria 3,5%, o que impulsionaria as importações.

“Agora, nós estamos falando de um aumento do PIB de 2,3%, 2,4%. São altos e baixos”.

A projeção da AEB para a balança comercial em 2018 é que as exportações somem US$ 218,966 bilhões, alta de 1,1%.

Enquanto as importações cheguem a US$ 168,625 bilhões, acréscimo de 11,7%.

O saldo deve ser negativo de 23,1% em comparação ao resultado no ano passado, que somou US$ 50,341 bilhões.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.