nacional

No Brasil nascem mais homens, no entanto, as mulheres vivem mais

Brasília – Embora nasçam mais homens do que mulheres no Brasil, as pessoas do sexo feminino vivem mais. Foi o…

18 de setembro de 2008 - 11:28

Da Redação

Compartilhe

Brasília – Embora nasçam mais homens do que mulheres no Brasil, as pessoas do sexo feminino vivem mais. Foi o que constatou a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2007, divulgada hoje (18) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


A pesquisa mostra que o percentual de mulheres com 40 anos ou mais de idade no ano passado era de 34,7% e de homens, 31,5%. Já na faixa etária mais jovem, de até 4 anos, as mulheres respondiam por 7% da população, enquanto os homens representavam 7,7%.


Em 2007, as mulheres correspondiam a 51,2% da população residente no país e os homens, a 48,8%. De acordo com a Pnad, não houve mudança significativa na distribuição por sexo da população residente em comparação a 2006. Naquele ano, 51,3%  da população era do sexo feminino e 48,7%, do masculino.

LEIA TAMBÉM: