nacional

Professores da USP fazem paralisação em defesa de isonomia salarial

Professores e funcionários da Universidade de São Paulo (USP), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e da Universidade Estadual de…

30 de março de 2010 - 12:38

Da Redação

Compartilhe

Professores e funcionários da Universidade de São Paulo (USP), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e da Universidade Estadual de São Paulo (Unesp) promovem nessa terça (30) uma série de atividades para reivindicar isonomia salarial nas três instituições. No campus da USP na capital paulista, por exemplo, a categoria faz uma paralisação.
 
“Não é discurso salarial, isso faremos em abril. Agora queremos o repasse dos 6% que o Conselho de Reitores das três universidades aprovou”, disse o diretor de Imprensa do Sindicato dos Trabalhadores da USP, Aníbal Cavali.
 
Os funcionários da USP se concentram na frente do prédio do curso de história, na capital. “Vamos seguir até o portão principal e depois iremos para a reitoria, onde faremos uma assembleia”, disse

LEIA TAMBÉM: