nacional

PV encaminha propostas para PT e PSDB

O Partido Verde (PV) apresentou hoje (8) 41 propostas de governo, divididas em dez temas, para os candidatos ao segundo…

09 de outubro de 2010 - 15:19

Da Redação

Compartilhe

O Partido Verde (PV) apresentou hoje (8) 41 propostas de governo, divididas em dez temas, para os candidatos ao segundo turno da disputa eleitoral presidencial. A candidata derrotada no primeiro turno, Marina Silva, reafirmou que a decisão de apoio do partido está mantida para o próximo dia 17, na convenção nacional do PV. O documento será entregue ainda hoje aos candidatos.


Entre as propostas apresentadas, está a não tutela da liberdade de imprensa, reforma política, elevação do investimento em educação para 7% do Produto Interno Bruto (PIB), eliminação do analfabetismo, universalização da banda larga, reforma do modelo policial brasileiro, reforma tributária, redução de cargos comissionados no governo, conclusão da demarcação e homologação de terras indígenas, o aumento em 10% da participação das energias renováveis na matriz energética, cumprimento das condicionantes socioambientais de Belo Monte, aumento da rede de esgoto, e o veto a propostas de alteração do Código Florestal que reduzam áreas de reserva legal.


Perguntada se o partido iria apoiar o candidato que mais propostas do documento incorporasse ao programa de governo, Marina disse que a escolha não será “mecânica” e que o documento apresentado hoje serve para impulsionar as discussões sobre os temas considerados importantes pelo partido, e colaborar com a sociedade na escolha do próximo presidente.


“As coisas não são feitas de forma mecânica. Há um processo. Há uma interação do partido com a sociedade. Há interação com as candidaturas. Não sei qual a recepção teremos [do documento]. Estamos pensando em que favorece ao Brasil”.


A candidata disse também que o PV permite a todos os seus filiados manifestar livremente seu apoio no segundo turno. E que a decisão tomada no próximo dia 17 não precisa, necessariamente, ser obedecida por todos os filiados. “Todos têm direito de manifestar a sua posição no PV. Isso é uma dádiva”.

LEIA TAMBÉM: