Tarcísio faz primeira reunião com secretariado no Palácio dos Bandeirantes | Boqnews
Foto: Governo do Estado de SP

São Paulo

03 DE JANEIRO DE 2023

Tarcísio faz primeira reunião com secretariado no Palácio dos Bandeirantes

Governador de São Paulo avaliou situação deste início de gestão e citou as prioridades para as primeiras semanas de trabalho

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

O governador Tarcísio de Freitas se reuniu pela primeira vez com o secretariado na última segunda-feira (2), no Palácio dos Bandeirantes.

Sendo assim, local onde fez o primeiro diagnóstico do Governo do Estado e das prioridades para os primeiros dias de trabalho.

Dessa forma, após o encontro, Tarcísio concedeu entrevista coletiva e falou das medidas que irá adotar para garantir eficiência da gestão estadual.

“Fizemos um balanço do que estabelecemos como compromisso na campanha, entendemos que o cumprimento desses compromissos, das promessas, é uma ferramenta poderosa para vencer desconfianças. Vamos ver nos próximos dias a designação de gerentes para determinados projetos e também falamos da questão de infraestrutura, dos primeiros projetos e primeiras entregas, como o leilão do Rodoanel. Discutimos como iremos dar os contornos aos primeiros estudos que vamos contratar, como privatização da EMAE e desestatização da Sabesp, objetivos que vamos perseguir ao longo do tempo”, falou Tarcísio de Freitas.

Contudo, durante a reunião, os secretários apresentaram algumas das entregas que serão feitas durante os 100 primeiros dias de governo.

O governador se colocou à disposição para ouvir as sugestões de cada área.

Além disso, entre as prioridades da gestão estão, por exemplo, o atendimento a pessoas em situação de rua e o aumento da percepção de segurança da população, além da conclusão de obras inacabadas.

Estrutura administrativa

A nova organização administrativa do Governo do Estado está regulamentada por um decreto publicado no Diário Oficial.

Desse modo, pela primeira vez na história São Paulo passa a contar com uma Secretaria de Políticas para a Mulher, que terá como secretária a vereadora da capital Sonaira Fernandes.

No entanto, a pasta vai tratar de temas que envolvem combate à violência, saúde da mulher e a participação da mulher em atividades de empreendedorismo.

As mudanças estão na denominação das secretarias. A de Governo passa a contar com Relações Institucionais.

A de Desenvolvimento Regional passa a ser Secretaria de Comunicação. Negócios Internacionais substitui Relações Internacionais.

Já a Secretaria de Orçamento e Gestão passa a ser denominada como de Gestão e Governo Digital.

A pasta de Projetos e Ações Estratégicas se transformará em Secretaria de Parcerias em Investimentos.

Entretanto, a Infraestrutura e Meio Ambiente agora passa a ser Secretaria de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística. Habitação incluirá Desenvolvimento Urbano.

A Secretaria de Ciência, Pesquisa e Desenvolvimento em Saúde se transforma em Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação. E a pasta de Logística e Transportes abre espaço para a criação da Secretaria de Políticas para a Mulher.

Fazenda e Planejamento, Saúde, Esportes, Cultura, Educação, Segurança Pública e Administração Penitenciária seguem como as mesmas características, assim como Casa Civil, Casa Militar e Defesa Civil.

Ademais, todas as realocações orçamentárias foram detalhadas no decreto publicado no último domingo (1) em edição extra do Diário Oficial.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.