Caminhos históricos | Boqnews

Turismo

22 DE SETEMBRO DE 2008

Caminhos históricos

Percorrer parte do caminho feito pelos antigos padres jesuítas e conhecer um pouco da história dos índios guaranis que viveram no século XVIII é uma das atrações oferecidas pela Rota Missões, na região noroeste do Rio Grande do Sul.Ao todo, são sete cidades que abrigaram os povos durante este período, conhecidas como Sete Povos das […]

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Percorrer parte do caminho feito pelos antigos padres jesuítas e conhecer um pouco da história dos índios guaranis que viveram no século XVIII é uma das atrações oferecidas pela Rota Missões, na região noroeste do Rio Grande do Sul.



Ao todo, são sete cidades que abrigaram os povos durante este período, conhecidas como Sete Povos das Missões. Estes povos foram extintos após a Guerra Guaranítica, que entre outros objetivos, não aceitava o Tratado de Madri por obrigá-los a abandonar todos os seus bens no local onde residiam e mudar para o outro lado da fronteira.

Os índios perderam para Portugal e Espanha e hoje restam apenas as ruínas de quatro das sete cidades e, por serem consideradas sítios arqueológicos, estão sob responsabilidade do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan. Estas ruínas compõem o Circuito Internacional das Missões, primeiro produto turístico do Mercosul.

O local oferece aos visitantes quatro sítios arqueológicos nas cidades de São Miguel Arcanjo, São João Batista, São Lourenço Mártir e São Nicolau, o Circuito de Imagens Missioneiras, quatro igrejas e santuários, além de 11 museus.

Ainda dentro do roteiro histórico-cultural, a Rota Missões traz a Estação Férrea, o Memorial Coluna Prestes e o Instituto Histórico e Geográfico de São Luiz Gonzaga.

Aos turistas que pretendem entrar em contato com a natureza da Rota, os pacotes de viagens podem incluir caminhadas, passeios de bicicleta, cavalgadas e a visita ao Cerro Inhacurutum, ponto mais elevado da região onde é possível experimentar o café da colônia oferecido pelos moradores locais.

Culinária

As opções não param por aí. Para quem gosta de degustar os sabores culinários de diferentes lugares, a Rota não deixa a desejar, pois mantém parceria com sete empresas de diversos ramos da área gastronômica com o objetivo de fortalecer o comércio e oferecer aos clientes comidas típicas da região.

São vinhos, chocolates e até produtos naturais que fazem parte do roteiro das cidades das Rotas.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.