vida

Alergia que incomoda

Umidade, mofo e poeira. Esses são os principais vilões da  rinite alérgica.  Levando em consideração  fatores particulares da região, como…

05 de março de 2010 - 20:22

Da Redação

Compartilhe

Umidade, mofo e poeira. Esses são os principais vilões da  rinite alérgica.  Levando em consideração  fatores particulares da região, como a poeira proveniente de descarga e carga de produtos a granel no porto, da poluição emitida pelo elevado número de veículos circulando pela região e a umidade do ar, as causas da rinite alérgica são ampliadas. “Ela é  uma resposta do organismo ao ambiente.  Por isso é importante torná-lo o mais adequado possível”, afirma o otorrinolaringologista Luiz Laercio Pinheiro Barbosa.

O principal problema para os portadores dessa alergia crônica é o ácaro, presente na poeira doméstica. O aracnídeo  se alimenta da descamação microscópica que acontece diariamente com a pele humana. Esses insetos apresentam troca de casa e é essa descamação que causa alergia, assim como as fezes desses insetos.  “Nos locais onde há frequência de pessoas, há ácaros. Por isso, a importância da limpeza”, indica o médico.
Como prevenir

A primeira medida é manter-se longe da poeira. Para isso a limpeza diária em casa é fundamental. O otorrino indica que o chão seja limpo, também, com um pano úmido. “Se o aspirador de pó não contar com um bom filtro, ele pode liberar algumas partículas de poeira e, juntamente com ela, ácaros. O pano úmido ajuda nessa remoção”, indica. Limpar estrados de cama, sofás, poltronas e outros móveis da casa é fundamental.

O ar condicionado também merece atenção. A limpeza  no filtro deve ser  realizada semanalmente e, uma vez por vez, é necessário limpar o interior do gabinete do aparelho com pano umidecido e álcool.
“Se a limpeza não é realizada corretamente, esse aparelho pode ser um difusor potencial da poeira”, alerta.  A temperatura ideal, segundo Laercio, é em torno de 24 graus. “Quanto mais gelado o ambiente, menos umidade ele terá. E não é bom estarmos em um local onde a umidade do ar está baixa”, complementa.

As roupas que estão há muito tempo guardadas devem ser lavadas antes de serem usadas. “È  comum as pessoas deixarem as roupas de inverno guardadas, e, quando chega a estação, colocam essas peças em uso. Mas é preciso lavá-las antes porque o tecido absorve  umidade”, comenta.

Tratamento

Segundo o otorrino-laringologista a rinite alérgica, assim como outras alergias, não têm cura, por isso os cuidados  são importantes. “Tratamos a crise e tentamos fazer com que esses períodos sejam encurtados”, diz.  O tratamento varia com a intensidade dos casos e pode ser feito com medicação oral ou nasal, porém recomenda-se o acompanhamento médico para evitar contraindicações.

LEIA TAMBÉM: