vida

Com cuidados, é possível manter a pele e o cabelo saudáveis o ano inteiro

Pela baixa temperatura no inverno, deve-se ter cuidados redobrados com o cabelo e a pele para mantê-los bonitos e sedosos.…

29 de junho de 2012 - 20:32

Da Redação

Compartilhe

Pela baixa temperatura no inverno, deve-se ter cuidados redobrados com o cabelo e a pele para mantê-los bonitos e sedosos. O grande vilão, em ambos casos, são os banhos demorados e quentes por ressecarem a pele e ativarem o sebo capilar. 
A dermatologista Valéria Fusari afirma que o sebo capilar pode atingir homens e mulheres de todas as idades. “Devido ao uso da água mais quente e o maior consumo de carboidratos e álcool, a dermatite seborréica (a popular caspa), acontece em diferentes graus. Uma das consequências pode ser a queda de cabelo”.
Valéria também explica que o aumento da oleosidade do couro cabeludo leva ao surgimento de fungos. “Eles se alimentam destas secreções gordurosas e provocam a dermatite, caracterizada por descamação que pode ser de leve a intensa e de seca a úmida”.

Para evitar este problema incômodo, hábitos como dormir ou prender os cabelos quando ainda molhados e usar condicionador diretamente na raiz devem ser evitados já que favorecem o desenvolvimento de fungos.  “Muitas vezes apenas com a correção, o problema é resolvido”, destaca Valéria.
A dermatite seborréica também pode acontecer pelo estresse e por químicas usadas para alisar o cabelo. “O uso de shampoos e loções antifúngicas são orientados pelos dermatologistas e a consciência dos malefícios provocados pelos tratamentos de alisamento é fundamental”, respalda.
Pele
Há quem pense que apenas no verão, por causa da radiação solar, a pele deve ser cuidada. Em contraponto, o inverno exige precauções já que a  umidade do ar está reduzida.  “O frio, o vento, e a poluição nos obriga a redobrar os cuidados com a hidratação e nutrição da pele”, diz a dermatologista. 
Para minimizar os problemas de ressecamentos, Valéria recomenda tomar de l,5 a 2 litros de água por dia, comer mais frutas e hortaliças, alimentos com maior concentração de água, como abobrinha, pepino, chuchu, laranja e melão já que nenhum cosmético tem o poder de repor a água da pele. 
Por mais que seja bom, banhos quentes devem ser evitados por removerem a camada de proteção natural da pele. Também há necessidade de utilizar sabonetes que tenham substâncias hidratantes, calmantes e com o pH mais neutro, como é no caso dos produtos direcionados aos bebês. 
Não são apenas malefícios que o frio traz. Para os que necessitam ou querem fazer um tratamento para aumentar os cuidados com a pele, o inverno é ideal para peelings químicos e lasers realizados com pequenos intervalos de tempo. 
São excelentes alternativas para deixar a pele jovem e hidratada, melhorando a textura, clareando manchas, amenizando as rugas finas, e estimulando a renovação do colágeno.

LEIA TAMBÉM: