vida

Combate às cáries

O controle da placa bacteriana é considerado o maior desafio no cuidado diário com os dentes. Trata-se de uma película…

23 de outubro de 2009 - 18:57

Da Redação

Compartilhe

O controle da placa bacteriana é considerado o maior desafio no cuidado diário com os dentes. Trata-se de uma película composta de bactérias e açúcares, considerada pelos especialistas a razão mais latente para cáries e gengivite. A não-retirada dessa película pode formar o tártaro, com o endurecimento da placa. No entanto, o risco pode ser evitado por intermédio de uma boa escovação diária graças a uma escova de dentes adequada.


A higiene bucal deve começar desde os primeiros dias de vida. Antes do nascimento dos primeiros dentes, a recomendação é a de que, após a mamada, esteja à disposição uma mistura composta por uma colher de sopa com água oxigenada e três com água filtrada ou fervida.  A solução deve ser utilizada para umedecer a ponta de uma fralda ou gaze, que deverá ser passada, delicadamente, na gengiva, bochecha, céu da boca e língua da criança. Quando os dentes aparecerem, a dica é usar uma escova dental macia, sem pasta.


A escova em si também deve ser bem observada. A chefe da Seção de Prevenção em Saúde Bucal da Secretaria Municipal de Saúde, Ercilla Maria Vargas, indica que o equipamento ideal possui cabeça pequena e cerdas macias, que facilitem a limpeza de todos os dentes, incluindo os de mais difícil acesso. Já a pasta de dente deve ser usada em pequena quantidade. Enxaguantes bucais apenas com prévia recomendação.


Preservar a escova é importante para mantê-la sempre higienizada. Deixá-la em local arejado e longe do vaso sanitário; evitar lugares secos e úmidos; lavá-la em água corrente; não colocar escovas em contato uma com outra; e utilizar capas somente quando a escova for levada em bolsas ou sacolas são algumas das recomendações. Ercilla alerta que a escova deve ser trocada após qualquer tipo de inflamação na garganta ou se as cerdas estiverem “descabeladas”.

LEIA TAMBÉM: