Saiba como prevenir e tratar câncer em cães e gatos | Boqnews

Saúde animal

29 DE OUTUBRO DE 2015

Saiba como prevenir e tratar câncer em cães e gatos

Castração antes do primeiro cio reduz em 99% a chance de câncer de mama nas fêmeas

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Existem diversos tipos de câncer que podem ser diagnosticados em cães e gatos. A veterinária Beatriz Ribacionka da Vet Ideal, reuniu dicas importantes sobre o tema. Veja como prevenir e tratar:

1- O que auxilia a ter câncer de mama?
As neoplasias mamárias são o tipo de neoplasia mais comum em cadelas. Os principais fatores que podem predispor a incidência dessa doença são:
– Idade avançada – é uma doença rara em cadelas jovens, a maior incidência de casos é a partir dos 10 anos de idade.
– Cadelas não castradas – A castração antes do primeiro cio reduz em 99% a chance de neoplasias mamárias em cadelas.
– Uso de anticoncepcionais – A grande carga hormonal e utilização inadequada desse medicamento estão diretamente relacionadas com as neoplasias mamárias, entre outras doenças.

Outros fatores como obesidade, alimentação inadequada também podem estar relacionados ao desenvolvimento das neoplasias mamárias.

2 – Como prevenir?
Hoje em dia a maneira mais eficaz de prevenir as neoplasias mamárias é a castração antes do primeiro cio.

3 – Como identificar o câncer de mama em cães e gatos?
Somente o médico veterinário poderá identificar o câncer de mama.

O exame físico é imprescindível. Exames como o Raio X, Ultrassonografia, tomografia computadorizada e exame de sangue poderão ser feitos para auxiliar, mas eles por si só não fecharão o diagnóstico. Somente a biópsia (e análise histopatológica do tumor) serão conclusivas nesses casos.

4 – O que deve ser avaliado nesse exame?
No exame físico é avaliada a dimensão externa desse tumor e localização. Através da histopatologia desse tumor será avaliada a origem e condição do tumor (benigno ou maligno).

5 – Quais são os principais sintomas?
Os sintomas que podem aparecer são:
– Aumento de volume e/ou presença de caroço na região mamária;
– Aparência irregular das mamas (vermelhidão, descamação do mamilo ou pele ao redor);
– Saída de secreção pelo mamilo (fora do período de lactação)

6 – Como é feito o tratamento?
O principal tratamento nos casos de neoplasias mamárias é a cirurgia, para a retirada do tumor. A quimioterapia pode entrar como coadjuvante em alguns casos.

A cura total da doença vai depender muito do quadro. Neoplasias mamárias malignas precisarão de um acompanhamento mais extenso, e não necessariamente a retirada completa do tumor significará que o animal está curado.

7 – É importante fazer exames preventivos quantas vezes ao ano?
Em cães jovens, visitas anuais ao Médico Veterinário já estão de bom tamanho. A partir dos 9 anos de idade é interessante fazer, pelo menos, 2 visitas anuais ao Médico Veterinário.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.