Função gratificada, a saga | Boqnews

Câmara

05 DE MAIO DE 2016

Função gratificada, a saga

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Já virou praxe o pagamento dos adicionais a servidores municipais, pagamento   mantido mesmo em tempo de crise.

Já virou praxe o pagamento dos adicionais a servidores municipais, pagamento mantido mesmo em tempo de crise. Foto: Divulgação

Para manter o hábito de prestigiar os servidores da Câmara com uma Função Gratificada mensal (FG-1), pelo menos 53 funcionários do Legislativo garantirão R$ 990,00 a mais em seus soldos neste mês em razão das diversas (?) atividades extraordinárias realizadas na Casa. O custo do ‘abono’ chega a R$ 52.470,00 aos cofres públicos, além das vantagens indiretas.

Trata-se de uma afronta ao contribuinte, que paga por esta situação há anos e que agora ganha contornos ainda mais dramáticos em razão da crise econômica que atinge a todos, especialmente as classes menos favorecidas.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.