Santos tem a segunda refeição mais cara no Estado e nona no País | Boqnews
Foto: Divulgação

Alimentação

04 DE ABRIL DE 2017

Santos tem a segunda refeição mais cara no Estado e nona no País

Para chegar ao valor médio, a pesquisa levou em consideração os preços dos pratos: comercial (R$ 29,46), self-service (R$ 33,46), Executivo (48,53) e à la carte (R$ 59,01) praticados pelos restaurantes.

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}
A pesquisa mostrou a tendência de preços nos pratos comercial, self-service, executivo e à la carte

A pesquisa mostrou a tendência de preços nos pratos comercial, self-service, executivo e à la carte. Foto: Divulgação

Santos tem a segunda refeição mais cara do Estado de São Paulo e a 9ª do Brasil. O resultado leva em conta a pesquisa Preço Médio da Refeição 2017, divulgada pela Sodexo Benefícios e Incentivos.

Neste cenário, com preço médio da refeição em R$ 35,16, Santos aparece no estado apenas  atrás de Campinas (valor médio de R$ 36). No Brasil, a Cidade está atrás apenas de Florianópolis (R$ 43,53, a recordista), Vila Velha (ES), Macaé (RJ), Niterói (RJ), Rio de Janeiro (RJ), Campinas (SP), Aracaju (SE) e São Luis (MA).

Para chegar ao valor médio, a pesquisa levou em consideração os valores dos pratos: comercial (R$ 29,46), self-service (R$ 33,46), Executivo (48,53) e à la carte (R$ 59,01) praticados pelos restaurantes de Santos (média).

O levantamento registrou aumento de 7,5% (de R$ 30,93 para R$ 33,25) nos últimos doze meses. O valor é o segundo mais alto entre todas as regiões do Brasil e está acima da média brasileira que é de R$ 32,94.

Valores

O resultado vai ao encontro de uma pesquisa realizada pela Sodexo, que revelou que 40,5% dos entrevistados apontam os preços altos das refeições próximas ao trabalho como fator determinante para que o benefício não dure até o final do mês.

Ainda segundo o levantamento realizado com 1.186 pessoas em todo o Brasil, o valor mensal do benefício refeição não dura até o final do mês para 81,51% dos trabalhadores e além do preço elevado da refeição ser um dos fatores impactantes, 42,90% dos entrevistados declaram que o valor recebido é baixo e 16,6% utilizam o benefício aos finais de semana.

Os preços nas cidades paulistas pesquisadas este ano foram:

 

Estado de São Paulo – Litoral e Interior

 

Campinas R$ 36,00
Santos R$ 35,16
Jundiaí R$ 31,57
Ribeirão Preto R$ 31,49
Sorocaba R$ 29,84
São José dos Campos R$ 27,25

 

 Região Metropolitana de São Paulo

 

Santo André R$ 35,01
São Paulo R$ 33,82
São Caetano do Sul R$ 31,73
Barueri R$ 30,94
Osasco R$ 29,67
São Bernardo do Campo R$ 29,26
Guarulhos R$ 28,67
Taboão da Serra R$ 28, 16
Diadema R$ 27,23

 

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.