Baixada Santista registra mais um latrocínio por causa de roubo de celular | Boqnews
Foto: Rochelle Ciuti/Divulgação

Tragédia

19 DE SETEMBRO DE 2017

Baixada Santista registra mais um latrocínio por causa de roubo de celular

O jovem (à esq.) foi mais uma vítima de latrocínio na Baixada Santista. Até julho, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública, foram 17 crimes do gênero, além de outros 100 homicídios.

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

O jovem (à esq.) tinha 24 anos e integrava a equipe de hóquei do clube Internacional de Regatas. Fotos: Rochelle Ciuti/Divulgação

Jovem, atleta e modelo, Matheus Alves Garcia, de 24 anos, foi mais uma vítima  de latrocínio na Baixada Santista.

Até julho, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, a região de Santos, que compreende a Baixada Santista e o Vale do Ribeira, registrou 100 mortes por homicídio doloso e outros 17 latrocínios (roubo seguido de morte).

Assim como ocorre na maioria dos casos, Garcia foi vítima – com um tiro na nuca – do roubo do celular na noite de segunda (18).

No ano passado, foram 184 homicídios e 26 latrocínios, sendo 18 até julho (para efeito de comparação).

Em 2015, a região registrou 195 homicídios e 25 latrocínios, sendo 15 até julho. Em São Vicente, onde ocorreu a tragédia, fora registrado um caso em 2015, 6 em 2016 e até julho, 3. Tendência, portanto, de alta neste tipo de crime.

Tanto o clube Internacional de Regatas – onde o jovem treinava e chegou a representar o País em campeonatos na Colômbia e Uruguai, em 2014, e foi convocado para disputar o Mundial Senior, na França, no ano seguinte, como a Universidade Santa Cecília (Unisanta), onde cursava o último ano do curso de Publicidade e Propaganda divulgaram notas de pesar.

O corpo do jovem está sendo velado no Memorial, em Santos, e o sepultamento está previsto para às 19 horas de hoje no local.

 

Nota do Internacional de Regatas

“É com muita tristeza que o Clube Internacional de Regatas recebe a notícia do falecimento do atleta Matheus Alves Garcia, de 24 anos, assassinado na noite desta segunda-feira (18), durante um assalto, em São Vicente.

Matheus foi sócio do Inter desde criança, onde sempre frequentou com a família e ingressou no Hóquei e Futsal, com cinco anos. O amor pelos patins falou mais alto e, desde então, ele defendeu a Camisa Vermelhinha em campeonatos Brasileiros e Paulistas de Hóquei Sobre Patins.

Em 2015 foi convocado pela Confederação Brasileira para disputar o Mundial Sênior, realizado na França. O atleta também defendeu o Brasil em campeonatos na Colômbia e Uruguai, em 2014”.

 

Nota da Universidade Santa Cecília

“A Universidade Santa Cecília (Unisanta) lamenta profundamente a morte do querido aluno Matheus Garcia Vasconcellos Alves, de 24 anos, ocorrida durante um assalto em São Vicente, na noite de segunda-feira (18/3).

Muito estimado na comunidade ceciliana, ele cursava o último ano de Publicidade e Propaganda e se destacava também como atleta, pois chegou a defender a Seleção Brasileira de Hóquei em Patins no Campeonato Mundial de 2015, na França.

Solidários com sua família e amigos neste momento de dor, elevamos nossas preces e vibrações pelo querido Matheus, na certeza de que ele continuará sua trajetória de Luz e Amor, junto ao Altíssimo.

Oportunamente, será realizado um Ato Litúrgico pela Paz, in memoriam a Matheus”.

Cursando o último ano de Publicidade e Propaganda, o jovem dividia seu tempo com o hóquei, esporte que abraçou desde a infância

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.