Campanha visa arrecadar mais de R$ 36 mil para ajudar criança a ouvir | Boqnews
Divulgação

Cores dos sons

14 DE NOVEMBRO DE 2016

Campanha visa arrecadar mais de R$ 36 mil para ajudar criança a ouvir

A quantia é necessária para a compra da parte externa de um dos aparelhos de implante coclear para a pequena Flávia.

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

fotos-flavinha-3Flávia de Oliveira Nania é uma criança de 3 anos, alegre, risonha e muito esperta. Por um motivo desconhecido (acredita-se que tenha sido um erro de diagnóstico), a família descobriu, após os seis meses de vida, de que Flávia tinha surdez profunda e bilateral. Por conta de duas cirurgias em cada lado da cabeça para inserção do implante coclear, cujo plano de saúde cobriu o procedimento e os aparelhos, Flávia pode ouvir e começar a entender este novo mundo.

Recentemente, após uma reunião no colégio, para se inteirar de todas as últimas conquistas da menina, sua avó a buscou na escola e ela estava sem os aparelhos. “Quando minha mãe me ligou, eu corri para a escola para ajudar a procurar e olhamos tudo! As funcionárias da escola ligaram para todas as mães das crianças da sala dela, continuamos a procurar no dia seguinte, mandaram bilhetes depois para todas as crianças da escola”, conta Renata de Oliveira, mãe da menina. “Olhamos lixeiras, buracos, todos os prováveis lugares da escola, verificamos as câmeras, mas sem explicação, os dois aparelhos que mudaram a vida da minha filha, sumiram!”, disse a mãe, com preocupação.

Devido ao sumiço do aparelho, Flávia ficou uma semana sem ouvir. “Nessa semana sem ouvir, ela teve um considerável regresso nos programas que a ajudam”, conta Renata de Oliveira. Segundo ela, uma empresa que fabrica estes dispositivos para perda auditiva, concedeu um “empréstimo” e, até dia 8 deste mês, a família deveria devolver os aparelhos, mas conseguiu prorrogação do prazo até 8 de dezembro.

A Campanha

Por isso, toda a família criou a Campanha As Cores dos Sons, cujo termo se remete à uma música em que o tio-avô fez especialmente para Flavinha, como é carinhosamente chamada. O objetivo é arrecadar o valor de R$ 36.666,00 para que se compre apenas a parte externa de apenas um dos dois implantes cocleares. Mesmo com poucos recursos, a escola se prontificou a pagar pelo outro aparelho, ou seja, no total, os dois aparelhos custam mais de 70 mil reais.

“A Flávia é uma menina muito inteligente, carinhosa, simpática, linda, encantadora e engraçada. Basta conviver com ela somente alguns minutos para se apaixonar! Ela é determinada e muito esforçada!”, conta a mãe, cheia de orgulho.

“Por exemplo, quando chegou a hora de deixar de mamar no peito, ela simplesmente não quis mais, assim como quando largou a chupeta, foi exatamente igual. Quanto a fralda, tiveram dois dias dos chamados acidentes e ela entendeu que “titi” e “cocô” é no banheiro e pronto! Essa determinação dela me surpreende e me faz querer sempre ajudá-la a progredir cada dia mais”, ressalta Renata.

Interessados em ajudar podem saber mais detalhes na fan page em que família e amigos estão compartilhando nas redes sociais. As doações podem ser feitas com os seguintes dados:

Banco Caixa Econômica Federal (104)
Ag. 4129
Conta Poupança: 38952-2
Op. 013
Flávia de Oliveira Nania
CPF: 236.276.568-73

A família coloca as informações da quantia arrecadada e todas as informações abertas ao público na Fan Page.

 

 

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.