Crime

24 DE AGOSTO DE 2016

Candidato a vereador Celso do Transporte é assassinado a tiros em Guarujá

O assassinato de Celso do Transporte ocorreu por volta das 9 horas, próximo a um comércio conhecido no Jardim Boa Esperança, na Rua Álvaro Leão Carmelo.

Por: Da Redação

O empresário Cerciran dos Santos Alves, conhecido como Celso do Transporte, candidato a vereador pelo PSDB no Guarujá, foi assassinado com cerca de 15 tiros na manhã desta quarta-feira (24). O crime ocorreu próximo a um comércio conhecido no Jardim Boa Esperança, na Rua Álvaro Leão Carmelo. Ao ser atingido pelos disparos, morreu ainda no local, que foi isolado para perícia.

_MG_4855

                   Candidato a vereador do PSDB foi mais uma das vítimas de crimes contra políticos em Guarujá. Foto: Divulgação/PSDB Guarujá

Luto

Candidato a prefeito pelo mesmo partido, o PSDB, Gilberto Benzi divulgou uma nota de pesar após o falecimento. “Uma notícia que abalou a todos e nos traz da pior maneira a sombra da violência que insiste em rondar a política de nossa Cidade. Que Deus na sua misericórdia acalme e acalente o coração da família neste momento tão difícil, especialmente de sua mãe, esposa, filho e os muitos amigos do Celso, que se lembraram dele como um trabalhador de coração generoso. Por fim, que Deus nos guarde do mal e faça brilhar o sol da justiça em Guarujá. Ficam minhas orações e sentimentos à família”, escreve.

Nas redes sociais, a comoção já é grande. Ainda nesta manhã, o candidato a vereador postou no Facebook a mensagem ‘bom dia e uma ótima quarta-feira”. Pouco tempo depois foi assassinado e em resposta a este post, amigos e seguidores na rede social escrevem mensagens em solidariedade à família e ainda indagam o que aconteceu.

Outros Crimes

Esta não é a primeira vez que um político de Guarujá é assassinado. Em 1997, Orlando Falcão (PL), que foi administrador regional na gestão do então prefeito Ruy Gonzalez, já falecido, foi assassinado. Em 2001, foi a vez da morte de Ernesto Pereira (PTN), morto com sete tiros.

Em 2008, o candidato a vereador Frank Willians, filiado ao PP, foi assassinado às vésperas das eleições com vários tiros, por volta das 8 horas da manhã na Vila Rã.

Em 2010, o vereador do PT, Luis Carlos Romazzini foi assassinado por três homens que chegaram em motocicletas à casa do vereador e o chamaram pelo nome. Ele saiu da residência armado, mas foi alvejado com vários tiros no quintal.

Romazzini havia denunciado anos antes um esquema de corrupção na Prefeitura e Câmara de Guarujá, conhecido como Mensalinho de Guarujá.

Além de vereadores, Guarujá também foi palco do assassinato do ex-secretário municipal de Defesa e Convivência Social, Ricardo Augusto Joaquim de Oliveira, na gestão da atual prefeita, Maria Antonieta de Brito, quando quatro homens chegaram em duas motos durante uma reunião partidária do PPL.

O crime ocorreu em 2012 e até hoje não foi devidamente esclarecido sobre os autores do assassinato.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.