Santos

Chuva intensa provoca transtorno e alagamentos em Santos

Temporal começou no início da madrugada e continuou pela manhã

10 de fevereiro de 2020 - 11:22

Da Redação

Compartilhe

A Defesa Civil informou que choveu nas últimas 72 horas 143,6 mm . Os Morros estão em estado de atenção e os ônibus não conseguem subir, por conta do grande volume de precipitação.

Segundo, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego),  a Av. Nossa Sra Fátima, sentido São Vicente/Santos, permanece bloqueada para veículos de passeio. No sentido oposto (Santos/SV) houve necessidade de bloqueio – as três faixas estão alagadas.  A Avenida Martins Fontes – pista 1 – está intransitável.
Os bloqueios devido às chuvas também ocorrem na Praça Washington e Av. da praia, sentido Ponta da Praia/José Menino, entre Canal 1 e Rua Cyra, ocasionando trânsito lento no trecho.

No Canal 3, sentido praia/centro, há bloqueio entre a Rua Almeida de Moraes e Brás Cubas. O mesmo acontece na Rua Francisco Ferreira Canto (descida da Caneleira).

Ocorrências

Desde o dia 8 foram registradas 15 ocorrências na Cidade pela Defesa Civil:

Dia 8
1 avaliação de risco estrutural no Caminho Particular São Jorge/ Caneleira

Dia 9
1 Avaliação de risco geológico na Avenida Prefeito José Gomes/ Caneleira

5 quedas de árvores
-Rua Martin Francisco/ Encruzilhada
-Rua Bezerra de Menezes/ Estuário
-Rua José André do Sacramento/ Estuário
-Praça Cel. Fernandes Prestes/ Embaré
-Rua Dr. Antônio Manoel de Carvalho/ Morro Nova Cintra

Dia 10
4 quedas de árvore
-Rua Antônio Bento Amorim/ Marapé
-Rua Torquato Dias/ Morro Nova Cintra
-Rua Nilo Peçanha/ Marapé
-Rua Santo Amaro/ Morro São Bento

1 queda de barraco na Rua 1/ Morro Boa Vista

2 deslizamentos de terra
-Rua 1/ Morro da Penha
-Avenida Martins Fontes/ Centro

1 avaliação estrutural na Rua Arquiteto Lucio/ Bom Retiro

Alagamentos

Quem foi trabalhar na manhã desta segunda (9) precisou ter paciência. De acordo com os moradores do bairro do Marapé e do José Menino, a situação está caótica.

O quarteirão próximo ao Orquidário está praticamente ilhado, o trajeto de ônibus que dura 20 minutos até o Gonzaga, hoje girou em torno de 1 hora e meia.

 

 

Ruas alagadas no bairro do Marapé / Foto: Divulgação

 

 

LEIA TAMBÉM: