Com temor do coronavírus, consumidores ‘invadem’ supermercados | Boqnews

Fazendo estoque

17 DE MARÇO DE 2020

Com temor do coronavírus, consumidores ‘invadem’ supermercados

Além da falta de produtos nos supermercados, os consumidores já encontram valores mais elevados em alguns deles, como o caso do leite integral.

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Macarrão é um dos itens mais procurados nos supermercados. Foto: Nando Santos

 

Uma corrida desnecessária aos supermercados em razão do coronavírus foi responsável pelo crescimento de 8,5% nas vendas no último final de semana (de sexta, 13 a domingo, 15).

A comparação é feita com o terceiro fim de semana de fevereiro passado (14 a 16).

Os produtos mais procurados foram álcool em gel e papel higiênico.

Em relação a produtos alimentícios, algumas prateleiras de supermercados estão vazias, como os caso de leite, pão de forma, macarrão e produtos lácteos.

Em nota, a Associação Paulista de Supermercados – APAS assegura que toda a cadeia de abastecimento – tanto indústria como transportes – está operando com regularidade, sem interrupções no fluxo de entrega.

Além disso, os supermercados estão preparados para atender ao aumento da demanda e não há registro de desabastecimento.

No entanto, em alguns locais, como em um supermercado na Avenida Pinheiro Machado, no Campo Grande, não houve entrega de mercadorias até a manhã de hoje, deixando as gôndolas vazias em várias pontos.

 

Em vários estabelecimentos, produtos já começam a faltar nas gôndolas dos supermercados. Foto: Nando Santos

Preços disparam

Além disso, os preços de determinadas mercadorias dispararam.

O litro do leite integral, por exemplo, já chega – ou ultrapassa – os R$ 3,00.

O valor é bem acima do praticado até a semana passada, quando os clientes compravam o mesmo produto em oferta a R$ 2,09 no mesmo supermercado.

Em nota, a Apas esclarece que “os supermercados são uma atividade essencial à sociedade e que toda a cadeia de abastecimento vem trabalhando para que os itens não faltem nas prateleiras e se mantenha um equilíbrio de preços nos pontos de vendas”.

 

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.