Em meio à crise, criatividade e atendimento ao cliente são fundamentais | Boqnews
Rom Santa Rosa

Emprendedorismo

25 DE MARÇO DE 2017

Em meio à crise, criatividade e atendimento ao cliente são fundamentais

Diante a crise econômica brasileira, empreender pode ser um bom negócio. Conheça histórias como a do José Carlos Fachim, que em um ano abriu dois restaurantes no centro de Santos

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Um dos assuntos mais comentados entre os brasileiros é a crise econômica no País. Afinal, a população é a mais afetada neste cenário que perpetua há mais de dois anos. De acordo com os dados divulgados pelo IBGE, são mais de 12 milhões de desempregados e isso gera o famoso efeito cascata, no qual um setor é simultaneamente afetado pelo outro.

Ou seja, se as pessoas deixam de receber, elas evitam gastar e isto afeta comerciantes e prestadores de serviços, que diante à diminuição de demanda não resistem e fecham as portas e encerram atividades.
Entretanto, mesmo com este momento econômico desanimador, alguns empreendedores enxergam a oportunidade de investimentos em diferentes áreas, como o caso do casal Danilo Gonçalves e Mariana Terra, proprietários da Time2Click (empresa especializada em soluções fotográficas para eventos), e de José Carlos Fachim, comerciante há 20 anos que apostou suas fichas nos restaurantes Apolo e Florença, ambos no Centro de Santos (conheça as histórias deles nos quadros acima).

Por mais que os segmentos sejam diferentes, eles têm algo em comum: estão remando contra a maré da crise econômica.

O coordenador da área de Empreendedorismo nas unidades do Senac Santos e Bertioga, Ricardo Roitburd, analisa que os cenários de crise abrem oportunidades para os empreendedores, principalmente por dois motivos: diminuição da concorrência com o fechamento de negócios já consolidados e busca por formas alternativas de complementar e/ou gerar renda, trazendo a criatividade à tona.

“Empreender é tirar um sonho do papel e transformá-lo em realidade. Para isso, precisa de esforço e estudo. Acredito que todos devem buscar seus objetivos pessoais, mas com cuidado. Não estamos em uma época propícia para desperdiçar dinheiro, portanto, busque pelo máximo de informação e por conhecimento antes de investir em um negócio”, salienta.

A grande dificuldade dos empreendedores é conquistar clientes, já que os mesmos, com dificuldades financeiras, cortam os gastos considerados superficiais. Ricardo explica que não há segredos para cativá-los. “O empreendedor precisa pensar no cliente. Precisa criar produtos personalizados e investir no atendimento de alta qualidade”, destaca. A crise, portanto, é boa oportunidade para encontrar nichos de mercado e sair na frente quando a situação econômica melhorar.

danilo e mariana time2clickDanilo e Mariana

“A Time2Click nasceu há dois anos, de uma junção de ideias com meu namorado. Na verdade, ele teve uma pequena sociedade com dois amigos, fazendo o mesmo serviço, porém, por divergências administrativas, ele resolveu seguir sozinho. Percebendo o engajamento dele com as pesquisas por novas tecnologias e muita qualidade, acabei agregando meu conhecimento ao dele e não o deixei seguir sozinho. Administrar o seu próprio negocio em tempos de crise não é uma tarefa fácil, mas como sempre falo com ele; “juntos somos mais fortes”. Contamos com apoio de nossos amigos, familiares e a propaganda dos clientes que já nos contrataram, além disso dentro do Espaço Noivas e Debutantes temos mais 6 empresas parceiras que lutam diariamente contra a crise, acredito que se estivéssemos sozinhos as coisas seriam um pouco mais difíceis.”.

 

josé carlos facchimJosé Carlos

“Sou comerciante há 20 anos e se eu ficar pensando na crise econômica eu não faço mais nada. Passei por vários momentos difíceis, mas sempre acreditei que isso iria passar. Investi no restaurante Apolo há um ano e no Florença em janeiro deste ano. Ambos ficam no Centro de Santos e eu acredito que a escolha do local onde está o comércio é muito importante. No Centro, há lazer, gastronomia, história e muita gente trabalhando… é a bola da vez! Na área de prestação de serviços, precisa ter diferencial. Produto semelhante você encontra em qualquer lugar. Agora, atendimento com proprietário é diferenciado, pois o cliente tem mais atenção. Para mim, o fato do dono estar presente é fundamental”.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.