Divulgação

Prefeitos pela Paz

20 DE JULHO DE 2016

De Santos, Herbert de Lima representará o Brasil em curso no Japão

Com 29 anos, jovem é o único brasileiro no evento que contará com apenas 20 estrangeiros

Por: Nara Assunção

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}
herbert santo de lima

Jovem participa de curso entre os dias 1 e 10 de agosto no Japão

O biólogo Herbert Santo de Lima embarca rumo ao Japão no próximo dia 28, onde ficará até o dia 12 de agosto para participar do curso intensivo “Hiroshima e a Paz”, na Universidade de Hiroshima. Representando a cidade de Santos, ele é o único brasileiro a participar do curso. A temática como o prório nome já diz será a cultura da paz e do desarmamento.

Biólogo, pós-graduado em Cultura de Paz e Jogos Cooperativos, ele também possui mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento. Em setembro de 2015, foi para África participar do programa Education for Transition.

Atua na área da cultura e promoção da paz em ONGs e na rede municipal de ensino de São Vicente.

Com 29 anos, Herbert será um dos 20 estrangeiros selecionados pelo programa. Curso acontece entre os dias 1 e 10 de agosto. O evento contará ainda com profissionais de sete mil municípios envolvendo mais de 161 países.

Como foi selecionado?

Herbert explica que o apoio veio de um edital, em que se inscreveu, de uma parceria entre a Prefeitura de Santos e a Mayors for Peace Networke. “A Mayors é uma instituição encabeçada pela prefeitura de Hiroshima, que luta pelo desarmamento nuclear e pela paz no mundo”, acrescentou.

“Quem está pagando minha passagem e acomodação é a Mayors. Eu vou como representante de Santos. Além disso vou participar das cerimônias em memória dos atingidos pela bomba atômica. Vou poder conhecer dois sobreviventes da bomba. Ao voltar eu vou replicar o que aprendi aqui na cidade de Santos. Estou bem animado de poder continuar meus estudos nesta área, além de poder fazer algo bacana pela paz quando eu voltar”, ressalta.

Em São Vicente, o biólogo já atua com projeto nas escolas. “Conseguimos sensibilizar cerca de 300 líderes das escolas públicas da cidade para realizarem atividades em prol da cultura de paz e não violência. Quero muito replicar o programa aqui em Santos”, conta Herbert.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.