Quadras da Rua João Pessoa serão fechadas de forma total para obras do VLT | Boqnews
Primeiro trecho interditado da Rua João Pessoa ocorrerá entre as rua Dr. Cochrane e Av. Conselheiro Nébias. Haverá fechamento total a partir da quarta-feira de Cinzas. Foto: Fernando De Maria

A partir da Quarta-Feira de Cinzas

08 DE FEVEREIRO DE 2024

Quadras da Rua João Pessoa serão fechadas de forma total para obras do VLT

Primeiro trecho fechado será na quadra entre as ruas Dr. Cóchrane e Av. Conselheiro Nébias. O mesmo ocorrerá com trechos seguintes até a Rua Martim Afonso.

Por: Fernando De Maria

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

A partir do dia 14, Quarta-Feira de Cinzas, trecho da Rua João Pessoa entre a rua Dr. Cóchrane (já interditada em razão das obras do VLT) e Av. Conselheiro Nébias será totalmente fechado para o trânsito.

O fluxo deverá ser direcionado para a Rua General Câmara, retornando posteriormente para a Rua João Pessoa na quadra seguinte.

Esta interdição será feita por etapas até chegar ao cruzamento da mesma via com a Rua Martim Afonso, em direção à Praça dos Andradas.

Ou seja, a medida que um trecho é concluído, outro será iniciado – com fechamento total do trecho ao longo das quadras seguintes da Rua João Pessoa – até a Rua Martim Afonso.

O fechamento total da via deve-se à instalação e remanejamento da tubulação existente no local para evitar alagamentos.

Assim, como a troca da tubulação de esgoto.

O volume de água será direcionado para uma estação que ficará nas imediações do Mercado Municipal e de lá escoado para o canal em direção ao estuário.

Aumento da tubulação

A atual tubulação mede 0,80 metros de diâmetro e será substituída por três tubulações com 1,20 metro cada de diâmetro.

Para funcionar, o VLT não circula em lugares com algum tipo de alagamento.

“Pelo menos 40% das despesas da obra do VLT destinam-se à drenagem para evitar alagamentos nas vias onde o modal irá passar”, explica o prefeito Rogério Santos (Republicanos).

Santos apontou a preocupação para que as obras impactem o mínimo possível as pessoas.

Além disso, relatou as dificuldades encontradas ao longo das escavações, que dependem de intervenções da Sabesp e da própria CPFL.

“Sem contar as chuvas. Janeiro foi o mês que mais choveu nos últimos anos”, salientou.

O prefeito concedeu entrevista na terça ao lado de representantes da EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos, inclusive o presidente interino, Francisco Eiji Wakebe, CET e Alya, responsável pela obra.

Prefeito Rogério Santos e presidente interino da EMTU, Francisco Wakebe, participaram da coletiva. Foto: Fernando De Maria

Rua General Câmara, opção

“Com isso, haverá necessidade de interdição total deste trecho”, complementa o presidente da CET, Antonio Carlos Gonçalves.

A Rua General Câmara passará a receber o fluxo dos veículos originários dos trechos interditados da Rua João Pessoa.

No entanto, não estão descartadas mudanças de mão, de forma provisória, em algumas vias do Centro.

As definições serão divulgadas de acordo com o avanço das obras.

Após concluídos os serviços, as quatro faixas da Rua João Pessoa passarão a ser ocupadas por uma pista exclusiva para ônibus, duas para veículos em geral e a outra para o VLT.

A ciclovia está mantida.

Tanto a EMTU como a empreiteira Alya garantem que o cronograma para conclusão dos serviços permanece até julho próximo.

Para tanto, mais 200 funcionários serão contratados para agilizar esta etapa.

As equipes atuarão em dois turnos: das 7h30 às 17h30 e das 19h30 às 4h30.

Legislação municipal foi alterada para permitir que os serviços possam ser feitos em locais onde não residenciais.

Outra frente já iniciou na Rua João Pessoa, em direção à Rua Martim Afonso, mas neste trecho não há interdição total na via. Foto: Fernando De Maria

Mudanças

Assim, a obra tem previsão de início, mas não de término, em razão de chuvas e outras situações encontradas ao longo da escavação.

Além disso, outra frente permanecerá na Rua João Pessoa, mas no sentido Praça dos Andradas até a Rua Martim Afonso.

Este trecho divide as tubulações e assim permite que nesta área apenas parte da pista ocorra a interdição.

Atualmente, os trabalhos se concentram ao trecho próximo à Rua Riachuelo, onde duas das quatro pistas permanecem liberadas ao trânsito.

No entanto, o corredor de ônibus está desativado, permitindo que carros também trafeguem pela pista.

Em razão das obras, ponto de ônibus está desativado na Rua João Pessoa e as duas pistas livres estão liberadas para fluxo de carros também. Foto: Fernando De Maria

Assim, das quatro pistas atuais, a metade está liberada para o fluxo de veículos.

Homens da empreiteira atuam na escavação do trecho onde passará o VLT.

Esta estrutura ocorrerá ao longo da Rua João Pessoa até o cruzamento com a Rua Martim Afonso.

A CET deverá divulgar na próxima semana as alterações viárias, a medida que as obras avançarem.

Cruzamento da Rua Martim Afonso e João Pessoa: trecho central que dividirá as obras, com interdição parcial e total da via, em razão da divisão da canalização existente neste trecho. Foto: Fernando De Maria

Empregos

Para agilização das obras, mais 200 vagas estão abertas no CPET – Centro Público de Emprego e Trabalho, junto ao Poupatempo, em diversas funções.

Por exemplo: casos de armador de ferros, carpinteiro, montador de estruturas metálicas, pedreiros, entre outras funções.

Dessa forma, os salários variam de R$ 2 mil a R$ 3 mil.

Assim, quem tem acesso ao aplicativo Sinefacil, basta acessá-lo para conferir as oportunidades.

No momento, estão disponíveis 197 vagas, boa parte delas oferecidas pela empreiteira Alya, responsável pelas obras do VLT. (confira as oportunidades)

Banheiros

Alvo de denúncia do Ministério Público do Trabalho, os banheiros ainda não estarão presentes das novas estações do VLT, do segundo trecho do modal.

A EMTU reconhece que estudos iniciaram, mas sem previsão nem algo concreto, para instalação de banheiros tanto aos funcionários que atuam nas estações como também para o público.

“Ainda não há qualquer definição”, esclarece Rodolfo Nunes, gerente de obra e projeto da EMTU.

 

Confira as notícias do Boqnews no Google News e fique bem informado.

 

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.