Professores de Cubatão viram o ano com redução salarial. Prefeitura alega falha | Boqnews
Servidores da Educação não receberam os valores devidos neste final de semana. Prefeitura alega problemas técnicos e promete quitar a diferença na terça (2), com a volta do expediente bancário. Foto: Divulgação/PMC

Surpresa desagradável

28 DE DEZEMBRO DE 2023

Professores de Cubatão viram o ano com redução salarial. Prefeitura alega falha

Sindicato da categoria alega que cerca de mil profissionais da Educação foram prejudicados. Prefeitura alega falha técnica e promete resolver pendências na terça (2)

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Enquanto a Prefeitura de Cubatão anuncia em ampla campanha publicitária as ações da Administração, cerca de mil professoras, professores e profissionais de suporte pedagógico de Cubatão receberam seus salários com reduções de até 50% do valor correto.

A denúncia é do Sindicato dos Professores Municipais de Cubatão (SINDPMC).

Representantes do sindicato estiveram na Secretaria de Gestão e de Educação.

Lá, receberam a informação de que não há sequer previsão para de data para pagamento dos valores devidos em folha suplementar.

Conforme o sindicato, o valor pago a menor atinge quase todos os docentes com ampliação, carga suplementar, projetos e aulas eventuais.

Ou seja, todos do Ensino Fundamental 2, Ed. Infantil 2 e Fundamental 1 Integral.

Em nota, a Prefeitura de Cubatão reconhece o problema e assegura que os pagamentos deverão ser efetuados na terça, dia 2.

Por sua vez, o sindicato promete ato nesta sexta (29) em frente ao Paço Municipal, a partir das 10 horas.

Confira a nota

“A Prefeitura de Cubatão informa que houve um problema técnico que prejudicou o pagamento dos valores da ampliação de jornada suplementar e aulas eventuais deste mês aos professores da rede municipal.

Edital com informação da folha suplementar foi publicado hoje (28) no Diário Oficial Eletrônico nº 1.403.

A previsão é de que esses valores sejam depositados no primeiro dia útil de 2024, em 2 de janeiro.

Os valores só não serão depositados amanhã, 29, por conta do expediente bancário suspenso”.

Febraban

No entanto, conforme a Febraban – Federação Brasileira de Bancos – nos feriados e fins de semana (dias 29, quando não haverá expediente bancário nas agências físicas e dia 1º, feriado), a população pode utilizar os meios eletrônicos de atendimento bancário, como mobile e internet banking, caixas eletrônicos, banco por telefone e correspondentes para fazer transações financeiras.

“Mesmo durante feriados, os canais digitais e caixas eletrônicos estão disponíveis e oferecem praticamente a totalidade das transações financeiras do sistema bancário”, ressalta o diretor-adjunto de Serviços da Febraban, Walter Tadeu de Faria, ao site da entidade.

Mais problemas

Segundo o SINDPMC, ao longo do ano foram vários os episódios de pagamentos incorretos na Educação ligados à ampliação, carga suplementar e projetos.

“E na folha de dezembro, como presente de Natal, a categoria é atingida de forma geral. No fim do ano, ficamos sem a metade do salário”, afirma a presidente do sindicato, Paula D’Albuquerque.

Somado a isso, houve ainda descontos indevidos de faltas injustificadas que não aconteceram.

O SindPMC está fazendo um levantamento da quantidade de pessoas prejudicadas.

Mas já é possível afirmar que 100% do professorado teve problemas com erros de desconto indevidos por causa do ponto eletrônico, nova ferramenta que tem apresentado sucessivos problemas.

Já com os cortes por falta de verba a estimativa é que cerca de 60% da categoria tenha sido atingida.

 

Confira as notícias do Boqnews no Google News e fique bem informado.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.