cidades

Projeto de Psicopedagogia ajuda a detectar problemas de aprendizado

Com o objetivo de detectar e trabalhar a dificuldade de aprendizado dos alunos nos primeiros anos de atividade escolar, a…

24 de março de 2008 - 07:51

Da Redação

Compartilhe





Com o objetivo de detectar e trabalhar a dificuldade de aprendizado dos alunos nos primeiros anos de atividade escolar, a Divisão de Atendimento Psicopedagógico (DAPp) de São Vicente lançou, neste mês, o projeto Psicopedagogia Institucional Itinerante.


Até agora, três unidades escolares estão em atendimento: “EMEF Mário Covas” (Parque das Bandeiras), “EMEI Luiz Beneditino Ferreira” (Vila Margarida) e “Ercilia Nogueira Cobra” (Vila Margarida). Inicialmente, o projeto conta com duas psicopedagogas para atuar, durante todo o ano letivo, em duas salas de aula. “Como é o primeiro ano do projeto, vamos avaliar o andamento. Se der certo, a tendência é ampliar o atendimento”, explica chefe do Departamento Flávia Figo.


O serviço, promovido pela Secretaria da Educação, é destinado aos alunos das escolas de Ensino Infantil (EMEI) e de Ensino Fundamental (EMEF) que apresentam dificuldades de aprendizagem, problemas de comportamento, síndromes em geral, transtornos do desenvolvimento, falta de concentração, troca de letra, dificuldade de leitura, interpretação, entre outros fatores que levam ao déficit de aprendizagem.


No ano passado foram atendidas 749 crianças de 5 a 14 anos. Desse total, cerca de 80% apresentou evolução no rendimento escolar. O Dapp conta com o apoio de 28 profissionais, entre fonoaudiólogos, psicopedagogos, psicólogos, assistentes sociais, psiquiatra, neurologista, terapeuta ocupacional e otorrinolaringologia

LEIA TAMBÉM: