Sol Nascente
José Adelson

Professor de língua japonesa e jornalista.

A força do idioma

21 de novembro de 2013 - 15:35

Compartilhe

Muitos dos imigrantes que vivem no Japão têm a necessidade de aprender ou aprimorar seus conhecimentos em relação ao idioma.
Este artigo destaca uma das pioneiras nesse tipo de ensinamento, a professora Sakamoto Kikuko que resolveu lecionar japonês para estrangeiros que moravam no bairro de Nerima, em Tóquio.
A primeira chance que teve de ensiná-los aconteceu em 1991, em um curso organizado pela Associação de Amizade Internacional de Nerima.
Suas aulas foram tão apreciadas que, ao fim do curso de 17 semanas, alguns dos alunos pediram para que ela encontrasse um meio para continuar a ensinar-lhes. Não foi possível recusar. Com o passar do tempo, as turmas de Sakamoto aumentaram por efeito da divulgação feita de pessoa a pessoa.
Seu curso tornou-se famoso Hanashimasho Nihon-go wo (vamos falar japonês) e sua concepção ainda é empregada nos dias de hoje. A professora também participou de dois outros programas no bairro de Nerima: o ensino regular de Nihon-go e o treinamento de futuros instrutores sobre o modo de lecionar japonês para estrangeiros.
“Muitos desses alunos eram mães e seus filhos vinham para a aula e recebiam cuidados das pessoas ao redor. Sempre que precisavam de auxílio, o ambiente ficava um pouco barulhento como o de uma escola maternal, mas todos nós vivemos ótimos momentos”, afirmara Sakamoto.
Iniciativa de Sucesso
Existem muitas donas de casa e mães que, na hora de colocar seus filhos em escolas maternais, irão precisar de um conhecimento básico do idioma japonês falado e escrito.Os alunos dizem que nas aulas, eles também obtêm noções sobre costumes japoneses além de receber dicas para tornar mais gratificante a vida no Japão, podendo fazer novas amizades, acima de tudo.
O ambiente pode parecer um pouco displicente, mas devido à constante conversação e a ânsia de aprender, muitos desses alunos acabam obtendo ótimas notas no Teste de Proficiência em Língua Japonesa.
Formação de Kikuko
A professora Sakamoto Kikuko obteve o grau de Mestrado em Relações Internacionais na Universidade de Chicago  em 1964 e depois foi professora assistente da Universidade de Princeton. Ela foi co-autora e organizadora de dois livros destinados a auxiliar estrangeiros a se comunicar em japonês em várias situações.