“Lula e Haddad vão se debruçar ainda mais nas questões sociais”, diz Telma | Boqnews

Eleições 2022

27 DE OUTUBRO DE 2022

“Lula e Haddad vão se debruçar ainda mais nas questões sociais”, diz Telma

Ex-deputada e ex-prefeita e atual vereadora, Telma de Souza (PT) analisou o cenário político e aposta na vitória do ex-presidente Lula

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Uma das fundadoras do Partido dos Trabalhadores em 1980 e atuando na vida pública há 40 anos, a vereadora Telma de Souza (PT) diz não dormir direito com a expectativa para as eleições de domingo (30).

“Vamos ver o que o domingo vai nos reservar”, disse durante participação no Jornal Enfoque – Manhã de Notícias de hoje (27).

“Meu coração está tique-toque e não é o das redes sociais”, brinca, sem esconder com a expectativa.

Ela reconhece que a disputa está acirrada, mas vê uma ligeira vantagem ao ex-presidente Lula, aniversariante do dia, com quem ajudou a fundar o partido.

Além disso, também tem esperança na virada do ex-ministro Fernando Haddad (PT) ao governo paulista.

Telma se apega à última pesquisa Ipec, que traz uma aproximação de Haddad (43%) contra o ex-ministro Tarcísio de Freitas (46%), indicado pelo presidente Jair Bolsonaro, conforme pesquisa IPEC.

Telma defende ambos companheiros que, se eleitos, terão uma grande expertise na área social.

“Isso teremos que fazer com esmero e força de vontade. Imagina as pessoas com esta carência social e nível de necessidade em particular”, diz, caso os candidatos petistas vençam no domingo.

“Se a gente não tiver uma resposta para o coletivo, mas só fechada em si no nosso umbigo, significa que temos uma visão muito pequena”, diz.

Vereadora Telma de Souza (PT) participou do Jornal Enfoque – Manhã de Notícias de hoje (27), apresentado pelo jornalista Francisco La Scala. Foto: Carla Nascimento

“Fui derrotada pelo meu próprio partido”

Segunda suplente do partido à Assembleia Legislativa, Telma está na expectativa de uma eventual vitória de Lula e  Haddad para ‘puxar’ nomes da coligação PT/PCdoB/PV e assim abrir espaço para a parlamentar.

“Fui derrotada pelo meu próprio partido”, lamenta a vereadora, que obteve 52.887 votos.

Por fim, o último mais votado da legenda foi Simão Pedro, que obteve 59.785 sufrágios.

No entanto, além de Telma, a legenda lançou mais dois nomes à Assembleia Legislativa em Santos: o jornalista e advogado Douglas Martins (3.705 votos) e o médico infectologista Marcos Caseiro (12.152 votos).

“Foi um erro absurdo”, lamenta, alegando que disputas internas acabaram fragmentando os votos do partido na Cidade.

“Perdeu o PT, pois não fizemos nenhum deputado por aqui”, lamenta.

No programa, a parlamentar também falou sobre as eleições da Mesa Diretora da Câmara, a qual deve referendar o nome de Cacá Teixeira (PSDB) à presidência da legenda e a garantia do partido voltar à Mesa Diretora (no caso, o vereador Francisco Nogueira – 1º vice-presidente.

Assim, ela também se colocou frontalmente contrária à eventual privatização da Administração Portuária, conforme proposta defendida pelo Governo Federal.

“Absurdo privatizar a gestão. O porto é estratégico”, enfatizou.

Programa completo

Confira o programa completo

 

 

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.