Foto: Alexandre Battibugli/FPF

Esportes

01 DE JANEIRO DE 2022

Copinha: o torneio que revela talentos para o futebol brasileiro

Competição começa neste domingo (2) com 128 times de todos os estados brasileiros

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Janeiro no futebol é o mês da tradicional Copa São Paulo de Futebol Júnior, conhecida popularmente como “Copinha”.

O torneio de base é a principal competição da categoria no País e a mais democrática, afinal participam clubes de todos os estados. Vale destacar que em 2021 não houve a realização da Copinha por conta da Covid-19. A primeira edição do torneio aconteceu no ano de 1969.

Edição 2022

A Copinha tem início já neste domingo (2) e encerramento no dia 25 de janeiro. Neste ano, 128 times querem chegar ao título.

Ao todo, são 32 grupos com quatro clubes, os dois melhores de cada grupo avançam para os jogos de mata-mata, quando serão disputadas a segunda e terceira fases oitavas de final, quartas de final, semifinal e a grande decisão. Vale destacar que cada grupo tem uma cidade sede, com exceção da capital paulista que será palco de dois grupos.

A maratona de jogos é um prato cheio para os amantes de futebol e um desafio para os atletas, haja visto que as equipes finalistas vão disputar 9 jogos em menos de um mês. Para a Copinha 2022, podem atuar atletas nascidos entre 2001 e 2006.

Santos e P. Santista

O Santos gera muita expectativa na Copinha pelo ‘DNA’ do clube de revelar grandes jogadores, como Neymar e Robinho que disputaram a competição. Assim, o Alvinegro Praiano já conquistou o torneio em três oportunidades. Todavia nos últimos anos, o Peixe tem colecionado eliminações precoces, como nos anos de 2017, 2019 e 2020.

Em 2018, a equipe até foi longe, chegando nas quartas de final, mas acabou sofrendo uma goleada por 4 x 0 do Internacional. Assim, o Peixe quer voltar a realizar boas campanhas. Dentre os nomes com maior destaque do Santos nesta Copinha, está o atacante Renyer, o meio campista Jhonnathan, o zagueiro Derick e o lateral direito Sandro. Todos eles já atuaram na equipe profissional em 2021.

É importante frisar que o Peixe tem jogadores com idade para disputar a Copinha que já estão consolidados na equipe principal, caso do atacante Ângelo e do zagueiro Kaiky.

O Alvinegro Praiano está no grupo 8 com sede em Araraquara, junto com os seguintes clubes: Operário-PR, Rondoniense e a Ferroviária. A estreia do Santos será na próxima segunda (3) contra o Operário-PR às 21h45.

Outra equipe da região que está na Copinha é a Portuguesa Santista. A Briosa foi convidada pela Federação Paulista de Futebol (FPF) para disputar o torneio.

A última participação havia sido em 2005, quando o time não conseguiu passar da primeira fase. Os torcedores da Portuguesa Santista esperam que os garotos façam uma boa campanha. Dessa forma, os atletas que se destacarem poderão ir para a equipe profissional que jogará o Campeonato Paulista Série A-2. A Briosa está no grupo 31 da Copinha, com sede em São Paulo.

O grupo é composto pelo Juventus, CRB e Canaã. A partida de estreia da Portuguesa Santista será diante do Juventus na terça-feira (4) às 13h.

Clubes da capital

Dentre os três grandes clubes da capital paulista, o Corinthians está no grupo 15 (sede São José dos Campos), junto com o Resende, River e São José. Já o São Paulo faz parte do grupo 21 (sede São Caetano do Sul), composto por CSE, Perilima e São Caetano. Por fim, o Palmeiras está no grupo 28 (sede Diadema), onde estão o Assu, Real Ariquemes e Água Santa.

Craques

A Copa São Paulo de Futebol Júnior é responsável por revelar grandes talentos do futebol brasileiro.

Para se ter uma ideia, nos últimos 15 anos, diversos craques passaram pela Copinha, como Neymar (Santos), Casemiro (São Paulo), Gabriel Jesus (Palmeiras) e Marquinhos (Corinthians).

Maiores campeões

O Corinthians é o maior campeão da Copinha com 10 títulos: 1969. 1970, 1995, 1999, 2004, 2005, 2009, 2012, 2015 e 2017.

Em seguida aparecem o Fluminense e o Internacional, que é o atual campeão com cinco conquistas cada. O Tricolor levantou o troféu em: 1971, 1973, 1977, 1986 e 1989. Já o Colorado chegou à glória nos anos de: 1974, 1978, 1980, 1998 e 2020.

O Flamengo tem quatro conquistas: 1990, 2011, 2016 e 2018. Assim, como o São Paulo, campeão em: 1993, 2000, 2010 e 2019.

Para fechar a lista dos maiores ganhadores da Copinha, estão o Atlético/MG que venceu em 1975, 1976 e 1983 e o Santos, campeão nos anos de 1984, 2013 e 2014.

Entre as surpresas da Copinha, estão o Roma Barueri campeão em 2001 e o América/SP, que ergueu a taça em 2006.

Logicamente que as competições de base têm como objetivo revelar jogadores. Contudo, as brincadeiras de torcedores são as mesmas, a mais conhecida da Copa São Paulo de Futebol é o fato do Palmeiras nunca ter sido campeão. Inclusive, os torcedores rivais do Alviverde criaram até música para realizar a brincadeira.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.