Foto: Divulgação/SFC

Esportes

09 DE SETEMBRO DE 2021

Fábio Carille cita que o Santos precisa pensar alto no Campeonato Brasileiro

Técnico foi apresentado nesta quinta-feira (9)

Por: João Pedro Bezerra

Fábio Carille foi apresentado nesta quinta-feira (9), como novo técnico do Santos.

A estreia do treinador já deve acontecer neste sábado (11), no confronto contra o Bahia às 21h, na Vila Belmiro.

“Chego com muita paz, vou buscar realizar um grande trabalho com todos, agradeço a oportunidade feita pela diretoria”, destacou Fábio Carille em sua apresentação.

O comandante chega com a missão de aliviar a crise e melhor o desempenho do clube no Brasileirão, afinal o Peixe está na 14º colocação com 22 pontos, sendo que os adversários que estão atrás na tabela tem jogos a cumprirem.

Caso repita a pontuação do primeiro turno, o Santos irá brigar para não ser rebaixado na competição.

Muitos matemáticos afirmam que o número mágico para evitar a queda para a Série B é 46 pontos, ou seja, o Peixe precisa de oito vitórias em 19 jogos, uma missão que na teoria parece simples.

Vale ressaltar que em uma competição equilibrada tudo é possível. Assim, uma série de vitórias pode colocar o Santos como candidato há uma vaga na Pré-Libertadores de 2022, haja visto que os times que estão na parte de cima da tabela podem conquistar os títulos da Copa Libertadores, Copa Sul-Americana ou da Copa do Brasil.

Assim, o G-6 pode virar até um G-9.

O novo treinador ressaltou que o a equipe precisa pensar alto “Não sou muito de fazer projeção, mas precisamos buscar grandes resultados, como a classificação para a Libertadores. Todo jogo até o final do Brasileirão é uma decisão”.

O que esperar?

Fábio Carille tem uma característica completamente oposta de Fernando Diniz que comandou o Peixe no primeiro turno do Brasileirão.

O novo comandante que estava no futebol da Arábia Saudita prioriza a marcação forte e um sistema defensivo compacto, isso sem esquecer a parte ofensiva.

Com este estilo de jogo, o treinador de 47 anos conseguiu se firmar no cenário do futebol com o título do Campeonato Paulista pelo Corinthians em 2017.

No mesmo ano, ele conquistou seu título mais importante na carreira, o Campeonato Brasileiro, com uma arrancada incrível na primeira metade da competição. A

lém disso, Carille conquistou mais dois estaduais pelo Timão de 2018 e 2019, alcançando o feito de ser tricampeão de forma consecutiva.

Apesar dos títulos, o técnico foi criticado pela torcida em algumas ocasiões devido ao jogo mais defensivo, tanto que alguns o apelida-lo de retranqueiro.

No Santos, clube com um DNA historicamente ofensivo, Carille busca equilibrar os setores do campo que precisam de melhora, já que o a equipe sofre com falhas defensivas, na criação de jogadas e nas finalizações.

Os atletas que chegaram ao clube no segundo semestre, como Léo Baptistão, Emiliano Velasquez e Diego Tardelli serão fundamentais para ajudar o Peixe neste momento delicado.

Além do Campeonato Brasileiro, Fábio Carille precisa treinar a equipe para a Copa do Brasil e tem um período curto para isso.

O jogo da volta das quartas de final entre Santos e Athletico/PR acontece na Vila Belmiro na próxima terça-feira (14) às 21h30.

Na primeira partida, o Furacão venceu pelo placar de 1 x 0, assim o Alvinegro Praiano precisa vencer por dois gols de diferença para conseguir a classificação direta sem a necessidade de pênaltis.

Dança das Cadeiras

Fábio Carille é o quinto técnico do Santos em 2021. Cuca, Ariel Holan, Marcelo Fernandes (inteirno) e Fernando Diniz comandaram o Peixe em um ano difícil para o torcedor.

É importante frisar que o Santos não pode mais contratar um novo treinador até o fim do Brasileirão, conforme o novo regulamento da competição, assinado pelos clubes antes do início da competição em maio.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.