esportes

Fora de casa, Portuguesa Santista sofre, mas empata com ECUS

No domingo (4), na estreia da terceira fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, a Portuguesa Santista ficou em um…

05 de setembro de 2011 - 19:40

Da Redação

Compartilhe

No domingo (4), na estreia da terceira fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, a Portuguesa Santista ficou em um empate sem gols com ECUS, no estádio Francisco Marques Figueira, em Suzano, em jogo válido pelo Grupo 15.


A partida, que teve transmissão ao vivo pela TV FPF, começou com os donos da casa imprimindo um ritmo mais ofensivo e, com mais volume de jogo, criaram as melhores chances de gol. A Portuguesa Santista arriscou pouco e preferiu garantir a igualdade sem gols na primeira etapa.
 
Após o intervalo, a Rubro-Verde atacou nos primeiros minutos, mas o ECUS respondeu com chute forte de Vitinho, de fora da área, que o goleiro João Paulo espalmou para afastar. Bem posicionada no campo defensivo, a Briosa priorizou a marcação e tentou alguns contra-ataques.
 
Nos minutos finais, Leandro cobrou falta perigosa na área da Portuguesa e na confusão, por pouco o ECUS não abriu o marcador. O jogo seguiu truncado e o empate sem gols se manteve até o apito final. O próximo confronto do ECUS está marcado para o feriado desta quarta-feira (7), contra o Independente, em Limeira, enquanto a Portuguesa recebe o Olímpia, no Ulrico Mursa, em Santos.


FICHA TÉCNICA
ECUS SUZANO 0x0 PORTUGUESA SANTISTA
Local: Estádio Francisco Marques Figueira, em Suzano (SP)
Data: 4 de setembro de 2011, domingo
Horário: 10 horas (Brasília)
Árbitro: Carlos Roberto dos Santos Junior
Auxiliares: Rafael Ferreira da Silva e Claudenir Donizeti Gonçalves da Silva
Quarto árbitro: Mauricio Antonio Fioretti
Cartões amarelos: Mineiro, Dhiego Lomba e Steve (PSA); Leandro e Thales (ECU)
 
ECUS SUZANO: Geison; Michel, Pascoal, Lauro e Bruno Poá (Roberto Canibal); Evandro, Vinícius, Leandro e Danilo; Vítor (Tiza) e Thales. Técnico: Carlos Chudi.


PORTUGUESA SANTISTA: João Paulo; Wallace, Edgar, Alexandre e Pit; Mineiro, Steve, Rodrigo e Leandro; Filipe (Diego Morais) e Dhiego Lomba (Téo). Técnico: Evaristo Piza.

LEIA TAMBÉM: