Tricolor perto do título, Verdão reanima e Peixe é goleado | Boqnews

Esportes

24 DE NOVEMBRO DE 2008

Tricolor perto do título, Verdão reanima e Peixe é goleado

Seis dias, 16 horas e noventa minutos separam o São Paulo de seu sexto título brasileiro e o terceiro consecutivo. O que parecia impossível há algumas rodadas se resumiu a uma vitória simples, em casa, contra o praticamente salvo Fluminense, no próximo domingo. Já o Palmeiras mostrou estar vivo na luta pela Libertadores, ao retornar […]

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Seis dias, 16 horas e noventa minutos separam o São Paulo de seu sexto título brasileiro e o terceiro consecutivo. O que parecia impossível há algumas rodadas se resumiu a uma vitória simples, em casa, contra o praticamente salvo Fluminense, no próximo domingo. Já o Palmeiras mostrou estar vivo na luta pela Libertadores, ao retornar ao grupo dos quatro primeiros. O Santos, por sua vez, quer esquecer a rodada passada e, na verdade, a temporada 2008. Saiba abaixo sobre os dez jogos dessa 36ª rodada.


Sábado


Coritiba 5 x 1 Santos


Keirrisson estava a sete jogos sem marcar. Pela frente, um rival no qual já havia assinalado três vezes no primeiro turno. Em casa, o atacante do Coxa atropelou novamente, deu fim ao jejum e fez quatro dos cinco tentos coritibanos para cima do Peixe, que, em atuação desastrosa de sua defesa, viu o risco de rebaixamento, dado como zerado, voltar a assustar, ainda que levemente. Com a vitória, o Coritiba foi a 53 pontos e ao 6º lugar, enquanto o Santos saiu da área de classificação para a Copa Sul-Americana, que, a partir do ano que vem, cogita-se dar vaga ao campeão na Libertadores, ao cair para o 14º lugar com 43 pontos. Para escapar da queda, ao time de Márcio Fernandes, basta um empate em um dos dois últimos jogos, seja contra o Atlético-MG, no Mineirão, ou contra o Náutico, na Vila Belmiro.


Botafogo 2 x 2 Atlético-PR


O time da Estrela Solitária aguarda o término de mais uma temporada como coadjuvante, mantendo-se em 9º lugar, agora com 50 pontos. O Furacão, com o empate, foi a 42 pontos, mas caiu para o 15º lugar, ainda sob risco, mas dependendo de apenas uma vitória para seguir na elite brasileira.


Portuguesa 0 x 0 Goiás


O resultado pode ser fatal para a Lusa. Com 37 pontos e na penúltima posição, apesar de, a um bom tempo, estar jogando muito bem, o azar prevalece no Canindé. Para evitar o rebaixamento, o time paulistano precisa secar pelo menos quatro concorrentes para se manter na Série A. O Esmeraldino, que foi a 52 pontos e caiu para o 7º lugar, apenas cumpre tabela no Brasileirão.


Domingo


Vasco 1 x 2 São Paulo


Os gritos de “hexacampeão” ao final do jogo, entoados pela torcida visitante, não deixaram dúvidas. Ao Tricolor Paulista, mais líder do que nunca, com 71 pontos, cinco a frente do segundo colocado, o Grêmio, basta uma vitória simples nos dois últimos jogos para que o São Paulo leve o terceiro caneco consecutivo e mantenha a hegemonia nacional. Apesar de, no primeiro tempo, o Cruzmaltino ter, através da velocidade, levado a melhor pelas pontas e pressionado mais o time paulistano, o rendimento caiu na segunda etapa. E o Tricolor, que manteve o ritmo inicial, não tardou para assumir novamente o comando da partida e colocar uma mão e nove dedos na taça. O Vasco vive situação semelhante à Portuguesa, necessitando “secar” cerca de quatro rivais para se salvar. Hoje, o time de Renato Gaúcho ocupa o 18º posto, com 37 pontos.


Vitória 4 x 2 Grêmio


A gritaria são-paulina foi maior justamente por causa da goleada baiana para cima do Tricolor Gaúcho. Os gremistas chegaram a abrir o placar, em um gol contra, mas, em um segundo tempo apático, especialmente após o São Paulo marcar o segundo tento contra o Vasco. Dali para frente, o Grêmio degringolou, e o Vitória, comandado por Vagner Mancini — aquele mesmo, que foi demitido invicto do Tricolor —, não deu chances ao rival gaúcho, fazendo quatro gols em meia-hora. Gols esses que praticamente reduziram a zero as chances do time de Celso Roth chegar a seu terceiro título nacional, ficando parado nos 66 pontos. O Vitória foi a 48 pontos e ao 10º lugar.


Cruzeiro 3 x 2 Flamengo


Após erros de arbitragem e uma partida emocionante, a Raposa deu enorme salto rumo a Libertadores, ao derrotar um rival direto. Pior para o Rubro-Negro, que, de terceiro, caiu para o 5º lugar com 63 pontos, e, agora, depende de tropeços do próprio Cruzeiro e de demais rivais para sonhar com uma vaga na principal competição do continente. Os mineiros foram a 64 pontos e ao 3º lugar.


Palmeiras 2 x 0 Ipatinga


Vitória essencial para as pretensões alviverdes no Brasileirão, já que, com o triunfo, o time alcança os 64 pontos e o 4º lugar, voltando ao G4. Por outro lado, o Tigre do Vale do Aço praticamente disse adeus à Série A. Com 34 pontos e na lanterna, precisa que todos os times que estão acima e lutam contra o rebaixamento percam nas próximas rodadas, e necessitará de uma vitória, em casa, sobre o Grêmio, para pensar em secar os rivais.


Internacional 0 x 2 Fluminense


Contra o time B colorado, que foca apenas a final da Sul-Americana, o Tricolor das Laranjeiras praticamente se livrou do temido rebaixamento. Na próxima rodada, o time carioca, em 13º com 43 pontos, pode dar o ponto final nessa perigosa luta, ao mesmo tempo em que pode ver o São Paulo sagrar-se campeão. De olho no Estudiantes, o Inter, 8º com 51 pontos, apenas cumpre tabela.


Sport 3 x 0 Atlético-MG


Em um confronto sem maiores aspirações e emoções, os pernambucanos, nos quinze minutos finais, definiram o confronto. O Sport, campeão da Copa do Brasil e um dos representantes brasileiros na Libertadores, foi a 48 pontos e ao 11º lugar. O Galo, com 47 em 12º lugar, cumpre tabela contra o Santos na próxima rodada.


Quarta-feira


Figueirense 4 x 3 Náutico


No primeiro confronto da rodada, os catarinenses suaram, mas conseguiram respirar na tabela, apesar de se manterem na zona de rebaixamento. A vitória, que levou o time aos 38 pontos e ao 17º lugar na classificação, arrancou lágrimas de jogadores e do treinador Pintado, recém-contratado, além de destronar o Náutico de uma série invicta de seis jogos e voltar a acender o alerta nos Aflitos. O Timbú é o 16º, com 40 pontos.


Série B


Pela Segundona, o final de semana decretou o acesso de mais um paulista. Além de Corinthians e Santo André, foi a vez do Grêmio Barueri assegurar uma vaga na elite brasileira ao superar o América-RN por 3 a 0. O outro time promovido à Série A é o Avaí, de Santa Catarina.


Série C


Após dois anos afundado na Terceirona, o Guarani está de volta a Série B. O time campineiro derrotou o Águia de Marabá-PA por 2 a 1, no Brinco de Ouro, e alcançou o vice-campeonato da terceira divisão, vencida pelo Atlético-GO. Subiram junto com o Bugre o Campinense-PB e o Duque de Caxias-RJ.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.