ETC
Imagem

Confira o Olhar Caiçara dos cineastas da Baixada que concorrem ao Curta Santos

Ao todo foram 15 filmes selecionados para a Mostra Olhar Caiçara, que valoriza e divulga a produção visual de diretores da Baixada Santista

24 de outubro de 2017 - 20:45

Da Redação

Compartilhe

Os 15 filmes que representarão a produção regional na mostra Olhar Caiçara do 15º Curta Santos já estão definidos.

Pelo segundo ano consecutivo a escolha se deu por meio de uma curadoria coletiva com os próprios realizadores inscritos, realizada no último final de semana no Museu da Imagem e do Som de Santos – MISS.

Escolha dos trabalhos se deu por uma curadoria coletiva com os próprios realizadores inscritos. Foto: Divulgação

 

O festival acontece entre os dias 17 a 22 de novembro, com programação extensa de sessões e oficinas em vários espaços da cidade, como Cine Roxy, Emissário Submarino, Sesc Santos, Cine ZN e o próprio MISS, além de exibições ao ar livre em bairros como Paquetá, Vila Progresso e Centro.

Todas as atividades são gratuitas.

Além da mostra Olhar Caiçara, também são categorias competitivas Olhar Brasilis (mostra nacional de curtas-metragens) e Videoclipe Caiçara (mostra regional de videoclipes), cujos selecionados já foram divulgados.

Todas as listas estão disponíveis no site oficial do festival: www.curtasantos.com.br

O Curta Santos busca premiar trabalhos nacionais e regionais, além de clipes. Evento gratuito ocorre em novembro. Foto: Divulgação

Confira os selecionados do Olhar Caiçara

 

FERIDA

Direção: Dandi Queiroz | Ficção | 2016 | 14’47 | Cor | Santos | 18 anos

Romeo e Maria, que no passado viveram um grande amor, agora passam por uma relação regada à violência física e psicológica.

 

DESCONFORTO

Direção: Daniel Bueno | Experimental | 2017 | 7’12 | P&B | Santos |16 anos.

Terror experimental que trabalha com a intenção de passar o medo do desconhecido, uma forma de como o medo do que você vê e escuta pode incomodar.

 

TÁBUA SANTISTA

Direção: Junior Faria e Roberta Caprile | Documentário | 2016 | 14’52 | Cor | Santos | Livre

Quando Thomas Rittscher construiu uma prancha havaiana no quintal da sua casa, em 1935, não imaginava que deslizar sobre as ondas seria um dos esportes mais praticados no mundo.

 

POR TRÁS DA LATA

Direção: Pedro Silveira | Documentário | 2016 | 18’58 | Cor | Santos |14 anos.

Grandes expoentes da cena do graffiti na Baixada Santista revelam ao público sua relação com a arte urbana, o mercado, a sociedade e o poder público, entre outras controvérsias.

 

AZUIS

Direção: Keyth Oliveira | Documentário | 2016 | 9’57 | Cor | Santos | Livre.

Aborda o autismo de forma sutil e poética, apresentando personagens de idades diferentes e suas relações com seus familiares.

 

VIDAS AO MAR

Direção: Raphael Capello e Leonardo Figueiredo | Documentário | 2016 | 7’48 | Cor | Santos | Livre

Duas crianças portadoras de necessidades especiais encontram no surf uma forma de superar seus limites.

 

FRAGMENTOS DO TEMPO

Direção: Bruno Canuto | Ficção | 2017 | 19’07 | Cor | Santos | 12 anos.

Deixado pela esposa, Felipe se vê em uma crise entre a realidade e a fantasia, passando a

acreditar em histórias que sua avó costumava contar para ele quando criança.

 

PARANAPUÃ

Direção: Leonardo Coffani Sabanay | Documentário | 2017 | 30’00 | Cor | São Vicente |Livre

O cotidiano e a cultura dos guaranis m’byas, bem como sua relação com a cidade, o Estado e a interferência de ambos em sua aldeia, localizada em São Vicente (SP).

 

DE NOVO CINZA

Direção: Wlado Herzog | Experimental | 2016 | 7’05 | Cor | Santos |14 anos.

Um retrato daquele cidadão alheio às tendências da sociedade na qual está inserido. À medida que ignora a agressão ao diferente cada vez mais dá voz ao agressor.

 


MADALENA

Direção: Liah Melo | Documentário | 2016 | 12’29 | Cor | Santos | 16 anos.

Madalena representa tudo o que se passa dentro da cabeça de uma mulher que vive em um

relacionamento abusivo.

 

LAÇOS – OS ESTEREÓTIPOS QUE DIFICULTAM A ADOÇÃO

Direção: Denise Nascimento, Karen Galvão e Jéssica Trucat | Documentário | 2016 | 13’35 | Cor | Praia Grande | Livre

A história de famílias que ultrapassaram preconceitos e tiveram como objetivo criar laços de amor através da adoção.

 

DERME

Direção: Gabriel de Melo, Letícia Paulino e Nicolle Ferreira | Experimental | 2017 | 7’18 | Cor | Santos | 12 anos.

Corpos em situações de desconforto e medo vivem a experiência da metamorfose humana, por meio de metáforas sobre a pele e a casca, que causam variadas sensações.

 

HETEROFOBIA

Direção: Gabriel Riccieri, Gustavo von Gal e Gleison Arthur | Documentário | 2016 | 15’01 | P&B | Santos | 12 anos

Um experimento social para discutir com pessoas integrantes da sociedade conceitos relacionados à sexualidade, gênero e preconceitos.

VOCÊ SÓ DÁ AULA?

Direção: Fabiano Keller e Mariana Sposati | Documentário | 2016 | 19’40 | Cor | São Vicente |

Livre

O cotidiano dos professores no Brasil, seja da rede particular ou pública, em nove depoimentos. E o impacto causado em sua saúde pelas condições a que estão diariamente submetidos.

 

IN SEGURANÇA

Direção: Gustavo Sandoval | Ficção | 2017 | 14’18 | Cor | Santos e São Vicente |12 anos.

Amarilda, uma jovem de 20 anos, necessita sair de madrugada para ir ao seu primeiro dia de emprego como doméstica.

LEIA TAMBÉM: