ETC
Educação

Curso de férias do Aquário de Santos ainda tem vagas disponíveis

Atividades ensinam sobre a preservação do ambiente marinho e meio ambiente

17 de julho de 2019 - 16:31

Da Redação

Compartilhe

Aquário de Santos férias

Há ainda 60 vagas para diversas atividades para crianças aprenderem mais sobre a preservação dos ecossistemas marinhos e demais temas ligados ao meio ambiente, no curso de férias do Aquário.

Nesta terça-feira (16), um grupo de 20 entre 5 a 7 anos aprendeu sobre a preservação do albatroz e participou de oficina para criação de uma réplica de ninho do animal.

Até o dia 26 de julho, serão atividades lúdicas, vivências na praia, visitações no parque e oficinas voltadas à faixa etária de 5 a 7 anos (público alvo até o dia 19) e, de 23 a 26, para crianças de 8 a 11 anos.

Até agora, foram feitas 550 inscrições para cursos, que tiveram início no último dia 10. A programação completa pode ser conferida aqui.

Edna Góes, chefe da Unidade de Educação Ambiental do parque, comenta que a programação foi planejada para diversificar os temas.

“Nenhuma se repete e os assuntos são oferecidos de forma divertida e interativa, mas com muita informação. A ideia é que eles saiam daqui multiplicando o que aprenderam para seus amigos, familiares e parentes”.

No início do mês, o Boqnews publicou uma extensa programação de férias para crianças e adolescentes.

A reportagem inclui programação até o fim de julho. É possível conferir neste link.

Participação

A estilista Aline Catarino, mãe de Maitê, de 6 anos, comprova que a expectativa dos organizadores tem sido atingida.

“Minha filha já participou outras vezes e tem demonstrado uma evolução na consciência ambiental. Quando vê um papel no chão, se abaixa e pega, se vê um passarinho no chão, se preocupa se ele está bem ou precisa de nossa ajuda. Os cursos do Aquário têm conteúdos muito valiosos”.

O pequeno Lucas Cunha Gonçalves Lopes, 6 anos, explicou direitinho o que viu nesta terça-feira. “Aprendi muito sobre os albatrozes. Os barcos que pescam com essa linha comprida, que tem lula no anzol, podem fazer eles quererem comer e morrer. Também não podemos jogar lixo no mar, eles pensam que é comida e engolem”.

A Unidade de Educação Ambiental atende pelo telefone 3278-7832 (horário comercial).

Para inscrições, é preciso ir presencialmente no parque portando RG ou certidão de nascimento da criança e RG do responsável.

Além disso, pede-se a doação de um litro de óleo, um quilo de macarrão ou 400 gramas de leite em pó por criança inscrita.

Posteriormente, os alimentos que serão revertidos ao Fundo Social de Solidariedade.

LEIA TAMBÉM: