Exposição resgata trajetória e obra de Bocage | Boqnews
Exposição sobre Bocage em Portugal, com obra do jornalista e escritor Adelto Gonçalves. Foto: António Chitas

Cultura

18 DE OUTUBRO DE 2022

Exposição resgata trajetória e obra de Bocage

A exposição “Bocage entre Nós” circulará, em regime de itinerância, por várias escolas básicas e secundárias de Portugal a partir de 2023

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

A edição brasileira de Bocage: o perfil perdido, do pesquisador brasileiro Adelto Gonçalves, publicada em 2021 pela Imprensa Oficial do Estado de São Paulo (Imesp), é um dos destaques da exposição “Bocage entre Nós”.

Inaugurada no dia 24 de setembro no Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal (MAEDS), em Setúbal, Portugal, a mostra tem encerramento previsto para o dia 21 de dezembro de 2022.

Data da morte do poeta Manuel Maria de Barbosa du Bocage (1765-1805).

Em 2023, a exposição “Bocage entre Nós” circulará, em regime de itinerância, por várias escolas básicas e secundárias de Portugal.

A escolha será de acordo com a vontade expressa da comissão organizadora e daquelas entidades.

Dessa forma, tem patrocínio da Associação de Municípios da Região de Setúbal (AMRS), da União de Freguesias de Setúbal e do MAEDS,

“A ideia é sensibilizar e conquistar para a “causa bocagiana” professores e alunos, levando à tão desejada alteração de paradigma a respeito do nosso poeta”, disse o professor setubalense António Chitas, organizador da exposição.

Curso de formação

Neste momento, ele prepara o lançamento do 2.º Curso de Formação “Novas Perspectivas para o Ensino da Vida e Obra de Bocage – Estratégias, Metodologias e Recursos Didáticos”.

O trabalho destina-se a professores dos ensinos básico e secundário de Portugal.

A exposição ocorre na sequência de um extenso programa de comemorações.

Seu início ocorreu em 15 de setembro do ano passado, data que marca o nascimento do poeta.

Além disso, ele assinalou também a passagem do 150º aniversário da inauguração da estátua do poeta na Praça do Bocage, antiga Praça do Sapal, em Setúbal.

Assim, ela ocorreu em 21 de dezembro de 1871 e contou com o apoio da comunidade portuguesa do Rio de Janeiro.

Por isso, a exposição tem como subtítulo: “a construção da memória nos 150 anos do monumento a Bocage”, como consta do catálogo.

Edições antigas

“Parte significativa da exposição foi concebida para utilização posterior ao final do evento, configurando-se um recurso educativo e didático de grande interesse, que vamos proporcionar aos estabelecimentos de ensino”.

É o que observa Rui Manuel Canas, presidente da União de Freguesias de Setúbal, uma das entidades patrocinadoras do evento.

Além de catálogo confeccionado especialmente para a efeméride, a exposição conta com várias edições antigas de obras impressas do poeta e outras mais recentes.

E ainda:  azulejos, pratos de faiança, canecas, cachimbos, medalhas, moedas, gravuras de Setúbal.

Além disso, outros objetos do século XVIII, bem como quadros que retratam o vate em várias fases de sua vida adulta.

Do catálogo ainda consta um texto em que o professor António Chitas, investigador bocagiano, traça em breves palavras a biografia do poeta.

Exposição sobre a vida de Bocage ganhará atuação itinerante a partir do próximo ano em Portugal. Foto: António Chitas

Livro

Assim, também estão expostas fotocópias de documentos manuscritos que constam de arquivos portugueses.

Dessa forma, eles foram reproduzidos no livro Bocage: o perfil perdido.

Trata-se do livro do jornalista e escritor santista Adelto Gonçalves, publicado originalmente em 2003 pela Editorial Caminho, de Lisboa, e depois na edição brasileira.

Adelto é professor doutor em Letras na área de Literatura Portuguesa pela Universidade de São Paulo (USP)

Assim, para pesquisar e escrever a obra, o estudioso brasileiro contou com bolsa de pós-doutoramento oferecida pela Fundação de Apoio à Pesquisa no Estado de São Paulo (Fapesp).

Dessa forma, a medida lhe permitiu permanecer em Portugal nos anos de 1999-2000.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.