Até o dia do Nascimento de Jesus, 20.674 pessoas já morreram em Gaza | Boqnews
Gaza: mais de 250 mortes no Dia de Natal. Foto: Divulgação/NPR-Getty Images

Sem comemorações

25 DE DEZEMBRO DE 2023

Até o dia do Nascimento de Jesus, 20.674 pessoas já morreram em Gaza

Reverendo Sérgio Ferreira, da Igreja Anglicana, fala dos impactos da guerra em relação ao próprio Natal. “A cultura do ódio nunca foi tão pregada”, lamenta

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Embora Gaza esteja distante 70 quilômetros de distância de Belém, onde nasceu Jesus, a guerra entre Israel e Hamas já provocou a morte de 20.674 mortes de palestinos.

E outras 54.536 feridas.

Números que refletem a disparidade do que representa o Natal.

Aliás, somente nesta segunda, quando se comemora o nascimento de Jesus,  os números chegam a 250 palestinos mortos e 500 feridos.

Não bastasse, o clima natalino praticamente inexiste na terra onde Jesus nasceu.

Este ano, não há festividades musicais, cerimônias ou decorações extravagantes em frente à Igreja da Natividade.

Nem atividades natalinas nem a tradicional árvore de Natal montada em frente à Praça da Manjedoura.

Não é à toa que no lugar da árvore, uma igreja local montou um presépio bem diferente.

Nela, o menino Jesus aparece envolto em uma mortalha branca.

Referência a uma das milhares de vítimas dos bombardeios em Gaza.

“A cultura do ódio nunca foi tão pregada”, lamenta o reverendo Sergio Ferreira, da Igreja Anglicana de Santos.

“Afinal, onde Jesus nasceu, a cidade está praticamente fechada. Como Herodes, que mandou matar todas as crianças”, acrescenta.

Ferreira participou do Jornal Enfoque especial de Natal, onde comentou sobre a importância da data, de reflexão como a data de nascimento do Menino Jesus.

Durante o programa, houve também a Mensagem de Natal, do bispo Dom Tarcísio Scaramussa.

Confira o programa completo

 

 

Confira as notícias do Boqnews no Google News e fique bem informado.

 

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.