Desligamento da TV analógica na Baixada Santista será feito em etapas até 20/12 | Boqnews
Foto: Divulgação

Mudanças

28 DE NOVEMBRO DE 2017

Desligamento da TV analógica na Baixada Santista será feito em etapas até 20/12

Inicialmente previsto para ser concluído nesta quarta (29), o desligamento da TV analógica será feito em partes nas regiões de Santos e Campinas. Em Franca e Ribeirão Preto, só em 2018

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

As regiões de Santos, Campinas, Ribeirão Preto e Franca terão o período de desligamento da TV analógica prolongado. Foto: Divulgação

 

O Grupo de Implantação da TV Digital (GIRED) decidiu na manhã de hoje (28), que o período de desligamento da TV analógica na Baixada Santista comece nesta quarta (29) e prossiga até 20 de dezembro.

Ou seja, o desligamento será feito em partes. A ideia original é que o desligamento total ocorresse nesta quarta (29).

Não é possível, porém, saber quais serão as primeiras cidades e bairros atingidos até o prazo final em dezembro.

 

Outras regiões

Em Campinas e no Vale do Paraíba, o processo de desligamento também começará nesta quarta (29) e se prolongará até 17 de janeiro de 2018.

O desligamento do sinal em Ribeirão Preto e Franca foram postergados para o dia 31 de janeiro do próximo ano.

A medida foi tomada porque não foi atingido o percentual mínimo de domicílios com sinal digital para o desligamento (que é de 90%).

Segundo a pesquisa Ibope Inteligência, em Santos o percentual atingido foi de 89%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 14 e 25 de novembro de 2017.

A amostra de Santos contou com 1.078 entrevistas, enquanto no conjunto das demais cidades foram realizadas 1.211, que totalizam 1.575 entrevistas.

 

Campinas

Em Campinas o percentual foi de 88%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 13 e 25 de novembro.

A amostra contou com 1.442 entrevistas, enquanto no conjunto das demais cidades foram realizadas 2.198, que totalizam 2.324 entrevistas.

A amostra é representativa dos domicílios da área urbana e rural das regiões pesquisadas.

 

Vale do Paraíba e Ribeirão Preto

No Vale do Paraíba o percentual auferido foi de 88%, segundo pesquisa realizada entre os dias 13 e 25 de setembro de 2017.

A amostra contou com 1.078 entrevistas, enquanto no conjunto das demais cidades foram realizadas 1.610, que totalizam 1.988 entrevistas.

Em Ribeirão Preto 84% dos domicílios contam com sinal digital.

A pesquisa foi realizada entre os dias 14 e 25 de novembro de 2017.

A amostra contou com 1.078 entrevistas, enquanto no conjunto das demais cidades foram realizadas 1.400, que totalizam 1.894 entrevistas.

Em Franca, o percentual atingido foi de 80%.

A pesquisa em Franca foi realizada entre os dias 14 e 24 de novembro de 2017.

A amostra contou com 1.078 entrevistas, enquanto no conjunto das demais cidades foram realizadas 1.484, que totalizam 1.747 entrevistas.

 

Mudanças

A digitalização da TV aberta permitirá que os telespectadores assistam aos seus programas com maior qualidade de som e imagem, além de trazer outras vantagens, como suporte à recepção móvel, multiprogramação e interatividade.

Com o desligamento do sinal analógico, haverá a liberação da faixa de 700 MHz, atualmente ocupada por canais de TV aberta em tecnologia analógica.

Essa radiofrequência será utilizada para ampliar a disponibilidade do serviço de telefonia e internet de quarta geração (4G LTE) no Brasil.

Apenas parte do interior paulista vai ser digitalizada neste momento.

Outras partes do estado serão digitalizadas em 2018.

A Região Sul será a próxima a ter o sinal analógico desligado.

O desligamento em Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre está previsto para ocorrer no dia 31 de janeiro de 2018.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.