Projeto Jovens Tripulantes abre 300 vagas para quem quer trabalhar em cruzeiros | Boqnews

Oportunidade

12 DE JULHO DE 2022

Projeto Jovens Tripulantes abre 300 vagas para quem quer trabalhar em cruzeiros

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site do projeto www.deck4.com.br/jovenstripulantes até o dia 10 de agosto

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

A temporada de cruzeiros 2022/2023 promete ser a maior dos últimos 10 anos, e, com isso, as oportunidades para quem pretende trabalhar em transatlânticos aumentam ainda mais.

As agências de seleção e recrutamento, responsáveis pelas entrevistas de emprego de novos tripulantes, estão trabalhando a todo o vapor à procura de ex-tripulantes e novos candidatos qualificados e bem preparados.

Pensando em oferecer capacitação para pessoas que queiram mudar de vida, ganhar em dólar e conhecer o mundo trabalhando a bordo de navios de cruzeiros, o Projeto Jovens Tripulantes está com inscrições para interessados de todo o Brasil.

Dessa forma, com uma metodologia que já formou mais de 18 mil pessoas no país, o projeto social oferece preparação por meio de cursos on-line gratuitos, ministrados pelos melhores profissionais do mercado da hotelaria marítima no mundo, através da Deck4, plataforma de educação à distância para formação de tripulantes de navios.

Ao todo, são 300 vagas disponíveis.

Assim, as inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site do projeto www.deck4.com.br/jovenstripulantes até o dia 10 de agosto.

Os candidatos precisam ser brasileiros, residir no Brasil, ter entre 18 e 45 anos; estar cursando ou ter concluído o Ensino Médio e ter o sonho de mudar de vida por meio do trabalho.

Assim, o edital com todas as regras e datas referentes ao projeto pode ser consultado no site do projeto.

Após o processo seletivo, a lista final de aprovados será divulgada no dia 17 de agosto.

As matrículas para os candidatos serão feitas nos dias 18 e 19 de agosto e, no dia 20, haverá um aulão inaugural para os selecionados.

Educador e co-fundador da Deck 4 e do projeto social Jovens Tripulantes, Fabrício Brito, falou do projeto, que permite novas oportunidades para jovens. Foto: Carla Nascimento

Curso on line

Após todo esse processo seletivo, os jovens darão início ao curso on-line, no dia 22 de agosto.

Em até seis meses, os alunos serão qualificados nas principais especialidades de tripulante de navios de passageiros, inclusive com ênfase no inglês.

Dessa forma, terão aulas ministradas por diretores, gerentes, supervisores e tripulantes da indústria dos cruzeiros.

Assim, durante todo o processo, os jovens também terão aulas e encontros virtuais com profissionais experientes da área de psicologia e orientação vocacional.

Assim que concluírem os módulos específicos (Jornada do Tripulante, Primeiros Passos do Tripulante, Formação Profissional, Restaurante, Governança, Cozinha, Bar, Saúde & Covid-19 e Introdução aos Métodos de Segurança em Alto-mar), os jovens farão uma avaliação do aprendizado para qualificação à próxima fase.

Além disso, uma equipe de orientadores cuidará de toda a preparação dos alunos para as entrevistas reais de emprego com agências recrutadoras oficiais que representam legalmente as armadoras no Brasil.

Troca de experiências

Assim, a capacitação oferecida pelo projeto possibilita aos participantes a troca de experiências, vivências de aprendizados e o reconhecimento de aptidões e habilidades para a execução das tarefas que fazem parte do processo de aprendizagem para trabalhar em alto mar.

Dessa forma, conforme o co-fundador da Deck4 e um dos idealizadores do Jovens Tripulantes, Fabrício Brito, essa será a melhor temporada de cruzeiros dos últimos 10 anos.

Isso em vista que a última temporada foi suspensa por conta da Covid-19.

Além disso,  32 novos navios no mundo serão entregues, gerando cerca de 32 mil vagas de empregos.

“São milhares de empregos para os nossos jovens, com salários iniciais a partir de R$ 4.500, podendo chegar a R$ 12 mil, dependendo da função que o tripulante irá exercer a bordo”, explica Fabrício.

“A maioria dos candidatos não consegue aprovação no processo seletivo por falta de orientação e de qualificação profissional, por isso a importância do Projeto Jovens Tripulantes, que prepara o candidato para o trabalho a bordo”, acrescenta.

Primeira experiência

“Nos próximos dias desembarco da minha primeira experiência a bordo. Só consegui ingressar nessa vida graças ao apoio do Projeto Jovens Tripulantes. Estudei e segui todas as orientações dos professores da plataforma e, em menos de três meses, já estava com o contrato assinado. Foi tudo muito rápido. Notei que o tripulante que chega aqui sem preparo, pira. Não aguenta o trabalho”, destaca Carla Jamynne, ex-aluna do projeto, embarcada no navio Costa Diadema, da empresa Costa Crociere.

Por meio do trabalho, Carla, que é natural de Dom Pedro, interior do Maranhão, teve a oportunidade de conhecer países.

Portanto, casos da Espanha, França, Itália, Alemanha, Noruega, Inglaterra, Dinamarca e Portugal.

“Já consegui fazer um belo pé de meia nessa primeira experiência e pretendo continuar nessa vida por muito tempo”.

 

Sobre o Jovens Tripulantes

O Jovens Tripulantes é um projeto social idealizado pela Deck4, maior plataforma de educação à distância para formação de tripulantes de navios do planeta.

Além disso,  conta com as parcerias do Litoral Plaza Shopping; Mauá Shopping; Shelter Cursos, responsável pelo treinamento de STCW (Curso Básico de Segurança de Navio);

E ainda: da ISMBR, agência de recrutamento e seleção das principais armadoras do mundo, como Royal Caribbean Group, Disney Cruise Line, Costa Crociere.

O projeto também mantém parcerias com empresas do terceiro setor e instituições especializadas em programas voltados para formação e capacitação, como o Instituto Projeto Neymar Júnior, na Praia Grande, que já está na segunda turma de formação.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.