vida

Alimentação nutritiva

Ter uma dieta saudável não é tarefa simples. A correria do dia-a-dia, muitas vezes, não permite que haja uma dedicação…

15 de setembro de 2008 - 06:42

Da Redação

Compartilhe


Ter uma dieta saudável não é tarefa simples. A correria do dia-a-dia, muitas vezes, não permite que haja uma dedicação especial ao preparo de refeições nutritivas. Porém, esta prática deve ser mais comum do que se imagina.


Conhecido pelo alto teor de minerais, os sucos vitalizantes são uma boa oportunidade de reunir, de uma maneira prática, nutrientes indispensáveis para uma alimentação saudável.


Além de fortificar os ossos e melhorar a circulação, os sucos são indicados, principalmente, para pessoas que sofrem de gastrite e anemia.


O suco pode substituir uma bebida no café da manhã para limpar o organismo mas, na maioria dos casos, não deve substituir uma refeição.


“No preparo, adiciono alimentos funcionais, que contêm, além dos nutrientes já conhecidos, substâncias denominadas de fitoquímicos, que são os princípios ativos que levam à promoção da saúde, prevenção de doenças e melhor qualidade de vida”, diz a nutricionista clínica funcional, Tatiana Pimentel.


Segundo ela, uma boa dica é a receita de concentrado de couve, brócolis, repolho, couve-flor, nabo, agrião, rúcula. O maço de couve (de preferência orgânica) deve ser triturado com pouca água no liquidificador e congelado em formas de cubo de gelo.


Pela manhã, esse cubinho pode ser adicionado a um suco de fruta juntamente com algum legume. O suco deve ser consumido em jejum para auxiliar na desintoxicação do fígado e em casos de gastrite. No caso de anemia, é importante adicionar frutas cítricas como laranja, acerola ou limão que aumentam a absorção do ferro presente na couve.


Outra dica é adicionar sementes germinadas ou não germinadas, como girassol, trigo, gergelim, linhaça ou quinoa . A quinoa é um cereal de alto valor nutricional rico em ácido graxos ômega-3 e 6, vitaminas antioxidantes, além de apresentar maior quantidade de proteína e de equilíbrio na distribuição de aminoácidos.


“Um dos pontos mais importantes na dieta é buscar o equilíbrio das cores entre os alimentos, pois assim garantimos o aporte de vitaminas e minerais”, diz. É importante lembrar que as informações não são individualizadas, por isso, deve-se consultar um nutricionista antes de se iniciar qualquer dieta.



 

LEIA TAMBÉM: