Foto: Pixabay/Divulgação

Qualidade de vida

21 DE SETEMBRO DE 2018

Os benefícios que as amizades trazem para a saúde física e mental

O contato humano é salutar. Afinal, as emoções e até a saúde das pessoas dependem de uma vida completa, com experiências diferentes. Portanto, as amizades são fundamentais para uma boa qualidade de vida.

Por: Da Assessoria

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

As emoções e a saúde das pessoas dependem de uma vida com experiências distintas, especialmente quando são realizadas com amigos. Foto: Pixabay/Divulgação

 

A modernidade faz com que as pessoas consigam realizar qualquer atividade sem precisar sair de casa.

Ir ao banco, ao mercado, assistir a filmes e séries, assistir a shows, comprar roupas, tudo está disponível, bastam apenas alguns cliques.

Até trabalhar!

Afinal, tem gente que opta pelo Home Office em diversas profissões.

Mas o contato humano é muito salutar, mesmo que você tenha aquele colega de trabalho chato, que vive pedindo favores, ou um amigo “mala” que te pede dinheiro.

As emoções e até a saúde das pessoas dependem de uma vida completa, com experiências diferentes.

E bons amigos parecem ser decisivos para nossa felicidade!

 

Diminuir o estresse

O stress traz mais transtornos à saúde. Pesquisadores revelam que a convivência com amigos ajuda a diminuí-lo. Foto: Pixabay/Divulgação

 

Os pesquisadores são unânimes ao afirmar que o estresse faz mal à saúde e que conviver com amigos ajuda a diminuí-lo.

O cérebro é estimulado de maneira diferente e a energia gasta com amigos ajuda a relaxar a mente e o corpo.

 

Aumenta a expectativa de vida

A convivência familiar ajuda no estabelecimento de laços que fortalecem o indivíduo. Foto: Pixabay/Divulgação

 

Pessoas solitárias vivem menos que aquelas com amigos.

Pelo menos 148 estudos sobre o assunto foram compilados, em uma pesquisa publicada em 2010, no Reino Unido.

A análise reuniu cerca de 300 mil pessoas.

 

Quem tem amigos sente menos dor

A amizade reforça os laços afetivos e dá suporte aos momentos mais difíceis da vida. Foto: Pixabay/Divulgação

 

Afinal, quem não se lembra da mãe dizendo que ia dar beijinhos para a dor diminuir?

Pois saiba que o afeto realmente faz o corpo produzir endorfina e a pessoa sentir menos dor!

Ser empático ao sofrimento alheio é reconfortante.

 

Sua saúde melhora

Praticar exercícios também contribui para a melhora da qualidade de vida. Foto: Pixabay/Divulgação

 

Quando seu amigo realmente gosta de você, ele se preocupa com sua saúde.

No entanto, nem sempre é da maneira correta, é verdade.

Mas se sentir querido faz com que as pessoas acabem se cuidando mais, mesmo sem perceber.

 

Ajuda a combater a depressão

A depressão já é considerada o grande mal da nossa sociedade. Foto: Pixabay/Divulgação

 

Considerado o grande mal de nossa sociedade, a depressão está presente em nossos círculos de amizade.

Portanto, o acolhimento, o não julgamento e, sobretudo, a solidariedade ajudam ao doente se curar.

Desta forma, é importante que a pessoa saiba que não está sozinha e sempre terá um ombro amigo.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.