Febre Amarela

Guarujá não vacinou metade da população contra a febre amarela

Apesar de morte na Cidade, apenas 140 mil pessoas foram vacinadas. Postos de saúde continuam vacinando contra a doença

04 de maio de 2018 - 13:53

Da Redação

Compartilhe

A procura pela vacina contra a febre amarela continua baixa em Guarujá, mesmo após divulgação na última quinta-feira (3), de um caso de morte registrado na Cidade, em função da doença. Para se ter uma ideia, desde 25 de janeiro, até o momento, foram imunizadas 140.225 pessoas no Município. O dado representa 50,81% da população vacinada, cuja meta estipulada é de 275 mil pessoas.

São 20 locais disponíveis na Cidade, entre unidades básicas (UBS) e de saúde da família (Usafas), que atendem a população de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. Enquanto possuir estoque, Guarujá mantém o esquema de vacinação nas unidades.

“A Prefeitura continua vacinando a população em 20 postos de saúde. E como também estamos em plena campanha contra a gripe, as nossas equipes ainda aproveitam o período para reforçar sobre a disponibilidade da vacina contra a febre amarela na nossa rede”, informou a enfermeira da Vigilância Epidemiológica da Prefeitura de Guarujá, Ana Terezinha Lopes Plaça.

Diversas ações foram desempenhadas pela Secretaria de Saúde desde o início do ano, no sentido objetivo de chamar a atenção da população quanto à importância da vacina contra a febre amarela. A dose é segura, apresenta uma eficácia de 98% e protege contra a doença por até oito anos.

Guarujá teve ainda dias de mobilização nacional e municipal, inclusive, com abertura dos postos aos finais de semana. A Cidade foi a única da Baixada Santista a realizar campanha vacinal durante o Carnaval, fazendo o trabalho de imunização durante os três dias de folia. No último final de semana, por exemplo, a Secretaria disponibilizou doses da vacina durante ação de cidadania realizada em Vicente de Carvalho.

LEIA TAMBÉM: