vida

Hospital das Clínicas oferece tratamento

O Núcleo de Assistência à Vítima de Violência Sexual – Navis, do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da…

03 de outubro de 2008 - 13:09

Da Redação

Compartilhe

O Núcleo de Assistência à Vítima de Violência Sexual – Navis, do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, atende 24 horas por dia. O acesso é pelo pronto-socorro do Instituto Central do HC.

A assistência é realizada por equipe multi-disciplinar e dirigida às pessoas de todas as idades e de ambos os sexos.

As vítimas de violência sexual devem procurar os serviços, com urgência, para evitar contaminação por doenças sexualmente transmissíveis, como sífilis, gonorréia, HIV e Hepatite B. O prazo máximo é de 72 horas, após o ato violento, para a realização das profilaxias e anticoncepção de emergência.

Segundo a infectologista Ivete Boulos, responsável pelo núcleo, no pronto-socorro é administrado medicamentos e vacinas para a prevenção de doenças transmissíveis pelo ato violento. Após os procedimentos, a pessoa é acolhida por assistentes sociais e tem consulta médica e psicológica agendada.

Em média, o Navis atende 10 casos por mês. A maioria é do sexo feminino (93%) e os agressores são conhecidos da vítima (51%). O acompanhamento clínico leva, em média, seis meses – período de investigação do aparecimento de possíveis doenças infecciosas. O psicológico é mais demorado. São 12 meses.

Os familiares das vítimas também são beneficiados com orientações psicológicas, importante para fazer com que todos os envolvidos reencontrem o eixo perdido após o ato violento. As pessoas que sofreram violência sexual e nunca procuraram ajuda também podem recorrer ao núcleo para se recuperarem do trauma.

O atendimento ambulatorial acontece no Prédio dos Ambulatórios do Instituto Central, à av. Enéas de Carvalho Aguiar, 155, na Capital. Informações pelo telefone: 3069.6397.

LEIA TAMBÉM: