Após quase 2 meses de atendimento, lobo-marinho volta ao mar | Boqnews
Lobo-marinho volta ao mar, após ter passado quase dois meses sob atendimento veterinário do Gremar. Foto: Divulgação

Mundo dos pets

20 DE SETEMBRO DE 2022

Após quase 2 meses de atendimento, lobo-marinho volta ao mar

Exames iniciais apontaram que o lobo estava desnutrido, com dificuldade respiratória, diarreia e úlcera de córnea no globo ocular esquerdo

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Após mais quase dois meses sendo atendido e observador para melhora da saúde, um lobo-marinho-sul-americano (Arctocephalus australis) voltou ao mar.

No último dia 7 de julho, o Instituto Gremar foi acionado para resgatar o animal avistado na Praia do Iporanga, no Guarujá (SP).

A equipe de resgate deslocou-se até o local para avaliar o estado de saúde do animal.

Muitas vezes, os lobos-marinhos utilizam as praias e os costões para descansarem durante o período de migração, mas também podem encalhar devido a alguma enfermidade.

Em seu primeiro contato com o animal, a equipe observou que ele estava magro e prostrado e, por isso, decidiu levá-lo ao Centro de Reabilitação e Despetrolização de Animais Marinhos, no mesmo município.

Saúde do lobo-marinho

Exames iniciais apontaram que o lobo estava desnutrido, com dificuldade respiratória, diarreia e úlcera de córnea no globo ocular esquerdo.

O animal recebeu os primeiros cuidados para reversão dos quadros e realizou diversos exames para complementar o diagnóstico.

Foi constatada ainda infecção respiratória, sendo necessária a administração de antibióticos e sessões de nebulização, entre outros tratamentos.

Após estabilizado, o animal foi mantido em recinto externo com acesso à piscina, onde podia tomar banho de sol.

Recebeu uma dieta de peixes e vitaminas para recuperar o peso e a oferta do peixe era realizada através de um tubo de PVC submerso na água.

O intuito dessa estratégia alimentar é evitar que o animal associe a oferta de alimento com o ser humano, além de estimular a predação no ambiente natural.

Após um mês em reabilitação, o lobo-marinho estava plenamente recuperado e foi considerado apto a retornar ao seu ambiente de origem, com a soltura tendo sido realizada no Parque Estadual Marinho da Laje de Santos, no dia 2 de setembro.

Lobo marinho voltou ao habitat natural, após passar quase dois meses sob cuidados da equipe do Gremar. Foto: Divulgação

Atendimento

O PMP-BS é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural na Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.

O projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, por meio do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos.

O projeto é realizado desde Laguna/SC até Saquarema/RJ, sendo dividido em 15 trechos.

O Gremar monitora o Trecho 9, compreendido entre São Vicente e Bertioga.

Para acionar o serviço de resgate de mamíferos, tartarugas e aves marinhas, vivos debilitados ou mortos, entre em contato pelos telefones 0800 642 3341 ou (13) 99711 4120.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.