Sol Nascente
José Adelson

Professor de língua japonesa e jornalista.

Japão, antigo e moderno

26 de fevereiro de 2017 - 11:11

Compartilhe

japao

Poucas pessoas sabem, mas quatro japoneses estiveram no Brasil antes da chegada do navio Kasato Maru, ao porto de Santos.

Os viajantes eram tripulantes do barco Wakamiya Maru, que em dezembro de 1803 naufragou na costa do Japão. Os quatro tripulantes foram salvos por uma embarcação de guerra russa que passava pelo local, mas que não podia mudar a rota e trouxe os japoneses ao Brasil.

No porto de Desterro, atual Florianópolis, o navio atracou e os japoneses aqui ficaram até fevereiro de 1804.

A importância de Santos para a imigração japonesa no Brasil sempre será relevante, mas o primeiro contato entre as duas culturas, vale a pena ser descrito.

Passado e futuro
A nação japonesa avança a passos largos para o futuro com suas indústrias de alta tecnologia ao mesmo tempo que preserva uma herança de milhares de anos de uma história que pode ser traçada desde as épocas mitológicas.

O Japão vive o grande desafio da coexistência do antigo e do moderno. O país possui um grande número de santuários e templos que guardam histórias milenares. Para grande surpresa dos que os visitam, a maioria dos templos não se encontra em estado de ruína. Esses locais ainda são utilizados como centro de atividades religiosas e fonte de tradições culturais.

Geografia e cultura
O arquipélago japonês consiste em 3 mil ilhas ao redor das quatro principais: Hokkaido, Honshu, Shikoku e Kyushu.

O Japão combina grandes cidades cosmopolitas com comunidades regionais que possuem raízes profundas nas culturas locais.

A capital, Tóquio, proporciona todas as formas de entretenimento urbano que uma metrópole pode oferecer, desde as artes tradicionais como o teatro Nô, o Kabuki e o Bunraku, até concertos de orquestras mundialmente conhecidas e apresentações de artistas populares.

Sistemas de escrita
Hiragana – É um sistema fonético de caracteres composto por 46 letras que representam os sons utilizados na língua portuguesa.

Katakana – Também é um sistema fonético, só que para representar palavras de origem estranjapao carnavalgeira, nomes de pessoas e países de outras línguas.

Kanji – Os kanji são caracteres oriundos da China e introduzidos no Japão por volta do século VI e exprimem uma ideia.

Parabéns, Japão!
Parabéns, Brasil!

 

Carnaval sem luxo

 

A campeã do Carnaval santista desse ano foi a Escola de Samba X-9, com o enredo Um grito heróico de um povo.

Com pouca verba e muita criatividade, as Escolas de Samba de Santos desfilaram esbanjando alegria e samba no pé na passarela Dráuzio da Cruz.

A antecipação da data possibilitou que as pessoas que gostam de desfilar possam viajar e participar dos desfiles de São Paulo e Rio de Janeiro.