‘Só depende dela’, diz Odair Gonzalez sobre Rosana Valle ser vice de Tarcísio | Boqnews

Eleições 2022

04 DE ABRIL DE 2022

‘Só depende dela’, diz Odair Gonzalez sobre Rosana Valle ser vice de Tarcísio

Gonzalez adiantou que o nome de vice ao governo paulista será do PL e a deputada federal Rosana Valle é o primeiro nome da lista, caso queira o cargo.

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

A saída do PSB e entrada no PL – Partido Liberal pode representar mais que uma simples mudança ideológica para a deputada federal Rosana Valle.

Ela mudou de partido na última sexta-feira (2), último dia do prazo da janela partidária.

Assim, filiou-se ao PL, mesmo partido do presidente Jair Bolsonaro.

Como a legenda irá indicar o vice na chapa do ex-ministro Tarcísio de Freitas em São Paulo, Rosana é a mais cotada para assumir o posto de vice.

Aliás, Tarcísio assinou sua filiação no Republicanos para disputa do governo paulista,

“Só depende dela”, destacou o presidente regional do Partido Liberal, Odair Gonzalez.

Ele participou do Jornal Enfoque – Manhã de Notícias de hoje (4).

Na ocasião, fez um balanço sobre o crescimento do partido após o fim da janela partidária.

São atualmente 73 parlamentares – aumento de 40 novos nomes.

Na mesma linha está o Republicanos, de Tarcísio de Freitas.

A agremiação passou de 30 para 45 deputados federais.

Fotografia

Gonzalez destacou que Freitas fez questão de acompanhar – e ser fotografado –  a mudança de legenda da parlamentar, ainda que esteja em outro partido.

“Quando se noticia a filiação dela, quem está ao seu lado? O Tarcísio”, salienta.

Portanto, um claro sinal de futura união, segundo o experiente político.

Nas suas redes sociais, a parlamentar afirmou que o ex-ministro a convidou para integrar o seu grupo político, mas que segue firme  na meta  “de ser reeleita deputada federal”.

Ex-vereador, presidente da Câmara e presidente do PL regional e da Prodesan, Odair Gonzalez, participou do Jornal Enfoque – Manhã de Notícias de hoje. Foto: Carla Nascimento

Família Barbosa

Gonzalez também salientou sua afinidade com o ex-prefeito Paulo Alexandre Barbosa.

Ele foi presidente da Prodesan – assim como no governo do seu pai, o ex-prefeito Paulo Barbosa, nos anos 80 – e secretário de Turismo.

Assim, Barbosa deverá ser candidato a deputado federal pelo PSDB.

Portanto, em tese, ambos (Paulo e Rosana) disputarão o mesmo cargo – e voto.

“Ela sabe da minha ligação com a família Barbosa, mas falei que não vou criar dificuldades para ela”, disse Gonzalez.

Assim, a resposta foi  de uma pergunta do jornalista Aldo Neto sobre se ele (Gonzalez) abriria mão do diretório para dar espaço ao grupo da deputada.

“Falei para ela sobre isso. Se ela tiver interesse no comando do partido, em saio de cena tranquilo”, destacou.

PL regional

Além disso, Gonzalez também falou de outros nomes que o partido atraiu nesta janela partidária.

Assim, caso do vice-prefeito de Praia Grande, Ednaldo dos Santos Passos, o Reco.

E ainda o deputado estadual Tenente Coimbra (ex-PSL e União Brasil).

Duas mulheres também ingressaram na legenda: a delegada Raquel Gallinati e a médica Mônica Batalha, que foi candidata do PRTB  à prefeitura de São Vicente.

Por sua vez, a ex-vereadora petista Janaína Ballaris, que estava no PL, migrou para o União Brasil.

Prodesan

Assim, Gonzalez salientou que a Prodesan fechou 2021 de forma superavitária, mas que o prejuízo diante de déficits anteriores, chegou a R$ 5 milhões em balanço a ser publicado no Diário Oficial.

Dessa forma, ele gostaria que a prefeitura aceitasse terrenos da Prodesan, como os da Rodoviária e a Usina de Asfalto, na Alemoa, para que quitasse parcela das dívidas mantidas pela empresa.

“Esperava que isso fosse resolvido no ano passado”, lamentou.

 

Programa completo

 

 

 

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.