Telma de Souza (PT) lidera para estadual, seguida por Audrey Kleys (PP) | Boqnews
Ex-prefeita, ex-deputada e atual vereadora Telma de Souza lidera a pesquisa à Assembleia Legislativa. Foto: Carla Nascimento

Pesquisa Enfoque

28 DE SETEMBRO DE 2022

Telma de Souza (PT) lidera para estadual, seguida por Audrey Kleys (PP)

A exemplo das eleições de 2020, Telma de Souza e Audrey Kleys foram as mais votadas para a Câmara. Feito deve se repetir agora.

Por: Fernando De Maria

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

Ao contrário da polarização existente para os cargos de presidente, governador e senador, um nome conhecido na política santista desde os anos 80 se destaca para a Assembleia Legislativa .

É o caso da vereadora, ex-prefeita e ex-deputada estadual e federal Telma de Souza (PT).

Ela lidera a pesquisa Enfoque/Boqnews para a Assembleia Legislativa, com 8,1% das citações.

Em 2018, a parlamentar concorreu à Câmara Federal, onde obteve 15.742 votos (6,76% dos votos válidos).

Na segunda colocação, em empate técnico com Telma, aparece a vereadora e jornalista Audrey Kleys (PP), com 6,6% das citações.

Ambas foram as mais votadas nas eleições de 2020 para a Câmara de Santos.

Telma foi eleita com 8.381 votos e Audrey, com 5.863.

Portanto, os resultados positivos em 2020 se repetem dois anos depois, conforme revela a pesquisa.

Mais nomes

Também se destacam com mais de 1% das citações o atual deputado Tenente Coimbra (PL – 4,1%), a jornalista Solange Freitas (União – 3,1%), e o deputado Caio França (PSB – 1,7%).

E ainda: os vereadores Sérgio Santana (PL) (1,4%), Débora Camilo (PSOL) (1,2%) e Fábio Duarte (Podemos) (1,2%).

Além do advogado e jornalista Douglas Martins (PT) (1,1%), candidato pelo partido à prefeitura de Santos nas eleições passadas.

Como a margem de erro é de 3,5 pontos percentuais para mais ou menos, há espaço para crescimento  dos números apresentados na pesquisa.

Vale lembrar que nas eleições de 2018, o total de votos válidos para a Assembleia Legislativa em Santos chegou a 231.672.

Ou seja, se fizermos uma projeção da eleição passada para os dias atuais, cada ponto percentual equivaleria a 2.316 votos, número que pode variar 3,5 pontos percentuais para mais ou menos, dentro da margem de erro.

Isso significa que se um candidato tem 5 pontos percentuais na pesquisa, ele teria cerca de 11,5 mil votos, por exemplo, levando em consideração o histórico da eleição passada.

E com potencial de crescimento devido ao elevado percentual de indecisos.

Indecisos

Além disso, deve-se ainda levar em consideração  o elevado número de indecisos faltando poucos dias para as eleições.

No caso dos candidatos à Assembleia Legislativa, eles representam 56,2%.

Vale lembrar que apenas 40,9% dos entrevistados asseguraram que a escolha é definitiva.

Contra 43,9% que reconheceram que podem alterar seu voto.

Por sua vez, outros 15,2%  afirmaram não saber realmente se irão votar no (a) candidato (a) citado na pesquisa.

Portanto, não faltarão emoções – e disputa de votos – nesta reta final de campanha entre os candidatos à Assembleia Legislativa.

Atualmente, das 94 cadeiras, a Baixada Santista conta com quatro parlamentares.

Portanto, apenas um, o deputado Kenny Mendes (PP) não concorrerá.

A pesquisa foi realizada entre os dias 23 a 26 de setembro, com 802 eleitores acima de 16 anos (com título eleitoral) divididos por zonas eleitorais, faixas etárias, renda, gênero e grau de escolaridade.

Dessa forma, ela está registrada com os números BR-02730/2022 (presidente) e SP-08546/2022 (governador, deputados e senador).

 

Leia mais

  • Veja quais os nomes mais lembrados para a Câmara Federal (clique aqui)
  • E qual a preferência dos santistas ao Senado? (clique aqui)
  • Quais os nomes estão entre os favoritos para o governo do Estado (clique aqui)
  • Como está a disputa presidencial em Santos? (clique aqui)

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.