Santos perde curso da Poli-USP, que retornará para a Capital | Boqnews
Foto: Nando Santos

Engenharia de Petróleo

17 DE SETEMBRO DE 2020

Santos perde curso da Poli-USP, que retornará para a Capital

Implantando desde 2012, curso de Engenharia do Petróleo da USP passará a ser ministrado na Capital. Haverá redução de vagas: de 50 para 35.

Por: Da Redação

array(1) {
  ["tipo"]=>
  int(27)
}

O polo da USP em Santos deixará de oferecer vagas a partir do próximo ano. A mudança também vai reduzir o número de vagas para o curso de Engenharia de Petróleo de 50 para 35. Foto: Nando Santos/Arquivo

O campus da USP em Santos, que desde 2012 abriga as atividades de ensino e pesquisa da Escola Politécnica da USP, será transferido para a unidade da Capital a partir de 2021.

O campus oferece o curso de Engenharia de Petróleo.

Assim, as atividades dos primeiros quatro anos do curso de graduação em Engenharia de Petróleo passarão a ser oferecidas no campus da USP em São Paulo, já a partir de 2021.

Sendo assim, o espaço disponível no prédio histórico do Cesário Bastos será dedicado aos laboratórios de pesquisa.

E o curso de pós-graduação que permanecerão no campus de Santos, bem como as disciplinas do quinto ano do curso de graduação no módulo de  Exploração e Produção de Petróleo.

Conforme a USP, entre as motivações para a transferência dos primeiros anos do curso para São Paulo estão a melhoria nos índices de permanência no curso.

Além disso, o oferecimento aos alunos de uma infraestrutura universitária completa em termos de habitação, alimentação e práticas esportivas.

Os alunos têm também a possibilidade oferecida pela Universidade de cursar disciplinas de outras áreas.

Houve redução de vagas, que passou de 50 para 35.

Segundo a Poli/USP, a medida decorre da adequação necessária para oferecer uma estrutura adequada de laboratórios no prédio do Departamento de Engenharia de Minas e de Petróleo, na Capital.

 

Como vai funcionar? 

Os alunos que ingressaram até 2020 no curso de Engenharia de Petróleo em Santos concluem o seu curso em Santos.

Assim, a medida só mudará a partir de 2021, quando os novos ingressantes cursarão Engenharia de Petróleo em São Paulo.

Notícias relacionadas

ENFOQUE JORNAL E EDITORA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

desenvolvido por:
Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.