Saúde

Campanha de vacinação contra gripe é prorrogada em Bertioga

A campanha foi ampliada em Bertioga até esgotarem os estoques da vacina, já que muitas pessoas ainda não receberam a dose. 

05 de junho de 2018 - 17:22

Da Redação

Compartilhe

Caso os munícipes ainda não tenham recebido a vacina contra a gripe, compareça a uma Unidade Básica de Saúde (UBS).

A vacina da gripe disponível no Brasil nessa temporada contém proteção contra o H1N1 e o influenza do tipo B Yamagata. A vacina ainda conta com a versão do H3N2 – vírus que circulou com força no hemisfério norte em janeiro deste ano.

Devem comparecer aos locais de vacinação todas as pessoas com 60 anos ou mais; profissionais das áreas da Saúde e Educação; crianças maiores de 06 meses e menores de 05 anos; pessoas com comorbidades comprovadas; gestantes e puérperas, (mães com até 45 dias após o parto).

O objetivo do Ministério da Saúde é diminuir o impacto da gripe em todo o país. A vacina é indicada para pessoas com problemas de imunidade, que podem desenvolver reações mais graves ao vírus. Como o imunizante consegue induzir o sistema imunológico com um vírus morto, não há risco de reações graves.

VEJA OS LOCAIS:

Das 9 às 16 horas

UBS Boraceia – Rua Vereador Geraldo Rodrigues Montemor, s/nº, Boracéia
UBS Indaiá – Rua São Francisco do Sul, s/nº, Indaiá
UBS Mirosam – Rua São Gonzalo, s/nº (Vila do Bem), Bairro Chácaras
UBS Maitinga – Rua Alberto Augusto de Andrade (antiga Rua 14), s/nº, Maitinga
UBS Vicente Carvalho II – Rua Epiphânio Baptista, 637, Jardim Vicente de Carvalho

QUEM PODE RECEBER A VACINA

• Crianças de 6 meses a 4 anos
• Gestantes
• Puérperas (mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias)
• Profissionais da saúde
• Professores da rede pública e particular
• População indígena
• Portadores de doenças crônicas, como diabetes, asma e artrite reumatoide
• Indivíduos imunossuprimidos, como pacientes com câncer que fazem quimioterapia e radioterapia
• Portadores de trissomias, como as síndromes de Down e de Klinefelter

LEIA TAMBÉM: